Deputado quer prisão de até dois anos para quem invadir estabelecimentos de saúde

As repetidas tentativas de invasão de hospitais por grupos, e até mesmo por deputados bolsonaristas, levaram o deputado Paulo Teixeira (PT-SP) a apresentar projeto de lei que prevê detenção de até dois anos para quem “entrar ou permanecer, sem autorização”, em área restrita de estabelecimento de saúde.

ROTINA 

No auge da epidemia do novo coronavírus, parlamentares tentaram invadir hospitais de campanha de SP e do Rio. No mês passado, um grupo tentou invadir o hospital de Pernambuco em que uma menina de 10 anos estuprada pelo tio passaria por procedimento para interromper a gravidez.

ROTINA 2  

“Trata-se de medida urgente, especialmente para punir pessoas que colocam em risco a saúde pública e os direitos fundamentais constitucionalmente assegurados, para impor injustificadamente a todo custo determinadas visões pessoais”, justifica ele.

LEIA TODOS OS TEMAS ABORDADOS PELA COLUNA NA EDIÇÃO IMPRESSA DESTA QUINTA (3)

  1. Deltan Dallagnol pode voltar a ser julgado pelo CNMP na próxima semana

  2. Deputado quer prisão de até dois anos para quem invadir estabelecimentos de saúde

  3. Mais de 2 mil profissionais da saúde e do direito assinam manifesto contra portaria do governo para o aborto

  4. Ministério do Turismo autoriza plano de trabalho do estado de SP para recursos da Lei Aldir Blanc

  5. Deputados questionam STF sobre legalidade de operação policial em comunidade do RJ

  6. Planetário do Ibirapuera quer atingir um milhão de visitas nos próximos três anos

  7. Alexandre de Moraes será entrevistado por Natuza Nery em congresso de jornalismo investigativo

  8. Kleber Mendonça Filho e Brasil da Cunha debatem sobre cinema marginal em live

  9. ‘Ibiza, prepare-se, vou te usar’, diz Luana Piovani posando em ilha espanhola

QUARENTENA

com BRUNO B. SORAGGI, BIANKA VIEIRA e VICTORIA AZEVEDO

Mônica Bergamo

Jornalista e colunista.



  • Veja outros artigos desse colunista

  • Envie sua notícia

  • Erramos?

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Termos e condições

Todos os comentários
Comente*

* Apenas para assinantes da Folha

Leitores On Line