Cursos técnicos de nível médio podem retomar aulas práticas presenciais em Pernambuco


Escolha da retomada das atividades práticas fica a cargo de cada instituição. Na rede pública estadual, aulas seguem suspensas. Cursos técnicos de nível médio são aqueles realizados concomitantemente ao ensino médio ou logo após a sua conclusão
Vanessa Aguiar/TV TEM
Cursos técnicos de ensino médio foram autorizados a retomar as aulas práticas presenciais a partir desta quarta-feira (16). De acordo com a Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco, a escolha da retomada das atividades práticas fica a cargo de cada instituição. No ensino técnico estadual, as aulas seguem suspensas.
Os cursos técnicos de nível médio são aqueles realizados concomitantemente ao ensino médio ou logo após a sua conclusão. Fazem parte desse perfil, por exemplo, as ações desenvolvidas pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).
A autorização, publicada no Diário Oficial desta quarta (16), é válida somente para as aulas práticas, as aulas teóricas seguem remotas. Entre os protocolos obrigatórios de prevenção ao novo coronavírus estão a distância mínima de um metro e meio entre os estudantes e colaboradores e o uso obrigatório de máscaras.
Colégio de Aplicação
No Colégio de Aplicação, da UFPE, as aulas foram retomadas de maneira remota para os alunos do 6º ano do ensino fundamental ao 2º ano do ensino médio. As turmas dos 3º anos do ensino médio já haviam iniciado as atividades no dia 17 de agosto. As aulas no colégio são retomadas após diversas reclamações de pais de alunos (veja vídeo abaixo).
Pais de alunos do Colégio de Aplicação da UFPE reclamam de falta de aulas a distância
De acordo com o Cap, a instituição lançou uma cartilha com orientações gerais para o estudo remoto dos estudantes. Os alunos também puderam se inscrever no edital de inclusão digital da UFPE, que selecionou jovens que precisavam de computadores ou rede de internet para o acesso às aulas.
Retomada das aulas presenciais
A retomada das aulas presenciais para toda a rede de educação básica do estado segue sem data para retorno ao menos até o dia 22 de setembro.
Desde o dia 18 de março, as aulas foram suspensas devido ao decreto estadual com medidas de prevenção contra à Covid-19. O debate sobre a retomada das atividades presenciais têm sido tema de protestos e manifestações.
O único lugar de Pernambuco que tem a volta às aulas anunciada é Ilha de Fernando de Noronha, com a retomada prevista para dia 22 de setembro.
Na ilha, o secretário de Educação e Esportes de Pernambuco, Fred Amâncio, disse que a retomada vai acontecer de forma faseada, começando para os alunos do ensino médio. Professores e alunos que fazem parte do grupo de risco do novo coronavírus são preservados.
No ensino superior, as faculdades e universidades foram liberadas para retomar as aulas presenciais no dia 8 de setembro. Entre as medidas, estão o distanciamento de um metro e meio entre os alunos, profissionais e colaboradores, além da redução de capacidade para 25% dos estudantes. Apesar da autorização, as universidade públicas mantiveram as aulas remotas.
Covid-19 em Pernambuco
Com a confirmação de mais 699 casos e de 19 óbitos pela Covid-19, Pernambuco totaliza, nesta quarta-feira (16), 138.568 pacientes que receberam a confirmação da doença e 7.933 óbitos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Os números são contabilizados desde março, no início da pandemia.
Initial plugin text
Leitores On Line