Covid-19 se mantém em platô com elevado número de casos em MS, diz secretário de Saúde


Hoje, foram registrados mais 889. A média móvel dos últimos 7 dias se mantém no mesmo patamar, 847 por dia. Desde o início da pandemia são 60.297 infectados pelo coronavírus no estado. Secretário estadual de Saúde de MS, Geraldo Resende
Reprodução/Redes Sociais
O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, destacou nesta terça-feira (15) que a Covid-19 se mantém em platô, com elevado número de casos novos em Mato Grosso do Sul. Hoje, foram registrados mais 889. A média móvel dos últimos 7 dias se mantém no mesmo patamar, 847 por dia. Desde o início da pandemia são 60.297 infectados pelo coronavírus no estado.
Em relação ao número de mortes, ele disse que com mais 21 confirmadas hoje, o estado atingiu 1.106 vidas perdidas para a doença. Disse que a média móvel se mantém em 17 óbitos por dia, nos últimos 7 dias.
Apontou que a taxa de positividade dos testes para a Covid-19 tem se mantido entre 31% e 40% de todas as amostras.
Resende advertiu a população e gestores públicos que se houver afrouxamento das medidas preventivas contra a doença, no caso, o isolamento social, uso de máscaras e regras de higiene, a doença pode se manter em um patamar elevado de casos, internações e mortes ainda por várias semanas e até meses no estado.
Afirmou que é um erro achar que a doença está controlada e que existe uma certa estabilidade e ressaltou a necessidade de reduzir a taxa de contaminação da doença, que hoje está em 1,08% para menos de 1%, para diminuir a circulação viral.
Dos casos confirmados no estado, 6.754 são considerados ativos. Desse total, 6.298 estão em isolamento domiciliar e 456 estão internados, sendo 209 em leitos de terapia intensiva (UTIs).
A taxa de ocupação de leitos de UTI do Sistema Único de Saúde (SUS) no estado é de 49%.
Em contrapartida, o número de recuperados da doença chegou a 52.4377, 86,9% do total de infectados.
O estado tem 1.317 amostras de testes na fila, aguardando a liberação do resultado. Os município possuem 3.243 casos suspeitos ainda sem encerramento. Desde o início da pandemia Mato Grosso do Sul realizou 235.735 testes para a doença.
Leitores On Line