Covid-19 Fiscalização ao cumprimento do Decreto 147/2020

Vigilância Sanitária recebe mais de 500 denúncias em uma semana

Imbituba – Desde o início da vigência do Decreto Municipal 147/2020, que busca conter da propagação do novo coronavírus, as equipes da Vigilância Sanitária da Prefeitura de Imbituba têm intensificado o trabalho de controle em diversos estabelecimentos da cidade. Do comércio em geral à indústria, passando pelo setor hoteleiro e pelos serviços de saúde.

A vigilância recebeu, entre os dias 19 e 25 de julho, 201 denúncias de moradores, envolvendo os mais diferentes segmentos da sociedade. Além disso, os fiscais também fiscalizaram 357 estabelecimentos comerciais. As lojas e o setor hoteleiro estão entre as visitas mais frequentes das equipes de fiscalização da prefeitura.

Na sequência, vem os bancos, lotéricas, restaurantes, espaços públicos, supermercados, mercados, mercearias, estabelecimentos de saúde, atividades industriais, salões de beleza, academias e similares. Mas o trabalho não tem sido fácil.

Segundo a Fiscal Sanitária Municipal, Sandra Leal, muitas das denúncias feitas não são verídicas. Por isso, para que as equipes possam obter bons resultados na execução do trabalho, é necessário que o denunciante repasse informações completas para a fiscalização.

“Para que a denúncia seja atendida é necessário que o denunciante dê o nome do local ou da pessoa (completo), endereço correto e todos os dados possíveis. Temos que saber quais os pontos de referência. Não é, simplesmente, supor que uma pessoa esteja cometendo algo errado. As suposições atrapalham e atrasam o trabalho de nossas equipes”, disse Sandra Leal.

Ao longo do trabalho, as equipes têm encontrado dificuldades para a fiscalização em certos locais da cidade, devido a reincidência relacionada ao desrespeito com o Decreto Municipal. Por isso, desde a última segunda-feira (27), a Vigilância Sanitária Municipal tem emitido autos de advertência, com a possibilidade de infracionar aquelas pessoas que insistirem em não respeitar o protocolo de controle do município.

“O trabalho é árduo, contínuo e sem o comprometimento da equipe nada disso seria possível. Desde o início da pandemia estamos trabalhando de domingo a domingo. Tudo isso para tentar controlar a transmissão desse vírus”, reiterou Joana Diniz, Gerente de Vigilância em Saúde.


Leitores On Line