Mortes

.cls-1{fill:none;}.cls-2{clip-path:url(#clip-path);}
Sandro Pereira/Fotoarena/Agência O Globo

Na América do Sul, Brasil fica atrás de Chile e Peru na contagem

Segundo país do mundo com  mais mortes causadas pelo novo coronavírus
em termos absolutos, o Brasil também já superou a maioria das nações europeias quando se leva em conta a taxa de mortalidade no comparativo ao tamanho de sua população.

Leia também

  • Saúde nega obrigação e diz que vacina é instrumento de “volta a normalidade”
  • OMS recomenda uso de corticoide para tratar a Covid-19
  • EUA planejam vacinação contra a Covid-19 em outubro deste ano

De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil chegou nesta quarta-feira (2) a pelo menos 123.780 óbitos desde o início da pandemia da Covid-19
, com uma taxa de 58,9 para cada 100 mil habitantes, sem considerar a subnotificação.

Levando em conta o monitoramento da Universidade Johns Hopkins até o início da manhã desta quinta (3) e dados populacionais do Banco Mundial, esse índice deixa o Brasil
com mortalidade
menor que apenas sete países em todo o mundo: San Marino (124,3 mortes/100 mil habitantes), Peru (90,9/100 mil), Bélgica (86,7/100 mil), Andorra (68,8/100 mil), Reino Unido (62,6/100 mil), Espanha (62,5/100 mil) e Chile (60,6/100 mil).

Com a persistência de um platô de aproximadamente mil mortes por dia, o Brasil ultrapassou nesta quarta-feira (2) a Itália, um dos países que mais sofreram com a pandemia
em todo o mundo. Até o momento, pelo menos 35.497 pessoas morreram de Covid-19 em solo italiano, de acordo com o Ministério da Saúde, com uma taxa de mortalidade de 58,7 para cada 100 mil habitantes.

Nos últimos dias, o Brasil já tinha deixado para trás outros países com altos índices de mortalidade, como Suécia (57,2/100 mil) e até os EUA (56,8/100 mil), nação líder de óbitos em números absolutos, com pelo menos 185.747.

Ainda segundo o Ministério da Saúde
, o Brasil tem pelo menos 3.997.865 casos, com incidência de 1.902 para cada 100 mil habitantes. Esse número é menor que o de apenas sete países no mundo: Catar (4.285/100 mil), Bahrein (3.365/100 mil), Panamá (2.252/100 mil), Chile (2.214/100 mil), San Marino (2.176/100 mil), Kuwait (2.090/100 mil) e Peru (2.054/100 mil).

No Brasil, os estados com maior mortalidade são Roraima (98/100 mil habitantes), Rio de Janeiro (94/100 mil), Ceará (93/100 mil), Amazonas (92/100 mil) e Distrito Federal (87/100 mil). Já os líderes em incidência são Roraima (7.270/100 mil), Distrito Federal (5.460/100 mil), Amapá (5.179/100 mil), Tocantins (3.314/100 mil) e Rondônia (3.174/100 mil).

    Leia tudo sobre:

    div#taboola-below-article-thumbnails{padding-top: 20px;}.ig-taboola{padding: 0 0px;}.ig-taboola .trc_rbox_border_elm{margin-top: 5px !important;}.ig-taboola .trc_rbox_border_elm .trc_rbox_header_span{border-bottom: 4px solid;}.ig-taboola .trc_rbox_border_elm .trc_rbox_header_span:after{content: “”;position: absolute;display: block;border-bottom: 1px solid;margin-top: 2px;width: 100%;}.iG_componente_taboola_containerTitulo{margin-bottom: 2.2rem;position: relative;}.iG_componente_taboola_containerTitulo .iG_componente_taboola_containerTitulo_title{font-size: 3.18rem;color: #000;text-transform: uppercase;font-weight: 300;border-top: 8px solid #000;padding-top: 8px;width: max-content;}.iG_componente_taboola_containerTitulo .iG_componente_taboola_containerTitulo_title::before{content: “”;display: block;border-top: 1px solid #d4d4d4;position: absolute;width: 100%;top: 0;}

    Veja Também

    window._taboola = window._taboola || [];_taboola.push({mode: ‘organic-thumbs-feed-02-mp’,container: ‘taboola-most-popular-thumbnails’,placement: ‘Most Popular Thumbnails’,target_type: ‘mix’});

    window._taboola = window._taboola || [];_taboola.push({mode: ‘thumbnails-b’,container: ‘taboola-below-article-thumbnails’,placement: ‘Below Article Thumbnails’,target_type: ‘mix’});

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      carregando

      Comentários

      if (/saudebucal/gi.test(window.igChannel) === false){if(document.querySelector(‘meta[name=”iG-noticia-comentarios”]’).content == ‘true’){document.write(‘‘);var dataHref = location.href.split(‘?’)[0];document.querySelector(‘#widget-comments’).innerHTML += ‘

      ‘;var checkFBCommentsLoaded = setInterval(function(){if(document.querySelector(‘.fb-comments’).getAttribute(‘fb-xfbml-state’) == ‘rendered’){document.querySelector(‘.fb-comments-loading’).remove();clearInterval(checkFBCommentsLoaded);}}, 100);}}