Colômbia
Colômbia bateu recorde de mortes causadas pelo vírus nesta quinta-feira

Nesta quinta-feira (23), Argentina
, Colômbia e México voltaram a registrar alta nos números da pandemia da Covid-19
. Enquanto os óbitos atingiram novo patamar entre os colombianos, mexicanos e argentinos renovaram a máxima diária de casos da doença.

Segundo informações da agência de notícias EFE, o boletim epidemiológico das autoridades de Saúde da Colômbia
mostraram um total de 315 mortes, o que evidencia que a doença segue se expandindo no país. Na capital Bogotá, a barreira dos 100 óbitos em 24h foi ultrapassada pela primeira vez, com 111.

Agora, o número total de vidas perdidas para o novo coronavírus
(Sars-Cov-2) na Colômbia já é de 7.688. Além disso, com a soma de 7.945 novos casos confirmados, o número de infecções é de 226.373, o que deixa o país em 15º lugar no ranking dos mais atingidos.

Argentina
e México
viram as máximas de casos diários serem renovadas. Nesta quinta, os argentinos ultrapassaram pela primeira vez os 6 mil contágios em apenas 24h, com 6.127, e agora totalizam 148.027 infecções confirmadas e 2.702 mortes
. Este foi o terceiro dia consecutivo em que o recorde foi renovado no país comandado por Alberto Fernández.

Por fim, os mexicanos ultrapassaram a barreira dos 8 mil casos em um único dia: foram 8.438, que deixam o país com 370.712 confirmações, ocupando a sétima posição entre os países mais atingidos. Além disso, já são 41.908 vidas perdidas em decorrência da pandemia da Covid-19
, sendo 718 apenas nas últimas 24h.