Corte de quase R$ 1 bilhão para universidades federais é mantido pelo MEC

O Ministério da Educação (MEC) planeja cortar R$ 994,6 milhões do total de recursos destinados às universidades e institutos federais de ensino para 2021, mesmo com a previsão de orçamento maior se comparado ao de 2020. A informação é da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes). A reportagem do portal G1 tentou entrar em contato com o MEC, que ainda não se manifestou.

O valor representa corte de 17,5% nas despesas “não obrigatórias” ou discricionárias, que apesar do nome não são “desnecessárias”. São custos com pagamento de água, luz, funcionários, serviços terceirizados, obras, e até programas de assistência estudantil, acrescenta a reportagem.

(Brasília - DF, 16/07/2020) Solenidade de Posse do senhor Milton Ribeiro, Ministro de Estado da Educação (videoconferência).