Coronavírus: USP comprova eficácia de máscara que oferece 99% de proteção contra a COVID-19

Fazem quase sete meses desde a confirmação do primeiro caso do novo coronavírus no país. De lá pra cá diversas empresas farmacêuticas ao redor do mundo já anunciaram seus testes de vacinas que sejam eficazes no combate a doença, como a AstraZeneca, por exemplo, que, com a parceria da Universidade de Oxford, retomou os testes de seu composto.

Porém, enquanto uma vacina não fica pronta para uso, é preciso tomar todo cuidado para evitar a contaminação e a batalha contra a COVID-19 acaba de ter um aliado confirmado: a máscara criada pela empresa brasileira, Elka.

Batizado de Oto Mask, o acessório utiliza dois filtros – que podem ser N95 ou SMS – para evitar a entrada do SARS-CoV-2, o vírus causador da COVID-19. A promessa do acessório é de que ele é capaz de inibir mais de 99% do novo coronavírus e evitar a contaminação.

Clique aqui para ler mais

Leitores On Line