Coronavac é a opção brasileira de vacina contra Covid-19

.cls-1{fill:none;}.cls-2{clip-path:url(#clip-path);}

Governo do Estado de São Paulo/Divulgação

Coronavac é a opção brasileira de vacina contra Covid-19

No feriado de 7 de setembro os testes clínicos da Coronavac
, vacina brasileira contra o novo coronavírus (Sars-CoV-2)

, completarão um mês em São José do Rio Preto (SP). As vacinas são aplicadas pela Faculdade de Medicina de Rio Preto (Famerp) e tem previsão de ser aplicada em 400 voluntários do interior de São Paulo.

Leia também

  • Campanha de vacinação contra sarampo é prolongada; saiba se você precisa tomar
  • EUA planejam vacinação contra a Covid-19 em outubro deste ano
  • Vacina deve ser obrigatória para todos os brasileiros, afirma Doria

Os testes são coordenados pelo chefe do laboratório de virologia da Famerp, o professor Maurício Lacerda Nogueira, e ocorrem no Centro de Pesquisas Clínicas da Vila Toninho. O estudo da vacina é responsabilidade da bióloga Eliane Fávaro.

“Até o momento, cerca de 100 pessoas já foram envolvidas no estudo. Uma parte já tomou as duas doses, e a outra a primeira. Nos próximos dias vamos acelerar o recrutamento para chegar as 500 pessoas até o fim do mês
”, afirma Maurício Nogueira.

Os voluntários já vacinados tiveram que se inscrever e passaram por uma triagem para serem convocados, eles recebem duas doses da Coronavac
, com um intervalo de 14 dias entre cada uma. A seleção continua acontecendo entre profissionais da área da saúde
envolvidos no atendimento de pacientes com Covid-19, que não testaram positivo para a doença e não participaram de outros estudos clínicos com o mesmo produto sob investigação.

Todos os participantes serão acompanhados durante um ano, por médicos, enfermeiros e farmacêuticos responsáveis pelo estudo.

No Brasil quem conduz os trabalhos da Coronavac é o Instituto Butantan
em parceria com o laboratório chinês Sinovac Biotech. 

    Leia tudo sobre:

    div#taboola-below-article-thumbnails{padding-top: 20px;}.ig-taboola{padding: 0 0px;}.ig-taboola .trc_rbox_border_elm{margin-top: 5px !important;}.ig-taboola .trc_rbox_border_elm .trc_rbox_header_span{border-bottom: 4px solid;}.ig-taboola .trc_rbox_border_elm .trc_rbox_header_span:after{content: “”;position: absolute;display: block;border-bottom: 1px solid;margin-top: 2px;width: 100%;}.iG_componente_taboola_containerTitulo{margin-bottom: 2.2rem;position: relative;}.iG_componente_taboola_containerTitulo .iG_componente_taboola_containerTitulo_title{font-size: 3.18rem;color: #000;text-transform: uppercase;font-weight: 300;border-top: 8px solid #000;padding-top: 8px;width: max-content;}.iG_componente_taboola_containerTitulo .iG_componente_taboola_containerTitulo_title::before{content: “”;display: block;border-top: 1px solid #d4d4d4;position: absolute;width: 100%;top: 0;}

    Veja Também

    window._taboola = window._taboola || [];_taboola.push({mode: ‘organic-thumbs-feed-02-mp’,container: ‘taboola-most-popular-thumbnails’,placement: ‘Most Popular Thumbnails’,target_type: ‘mix’});

    window._taboola = window._taboola || [];_taboola.push({mode: ‘thumbnails-b’,container: ‘taboola-below-article-thumbnails’,placement: ‘Below Article Thumbnails’,target_type: ‘mix’});

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      carregando

      Comentários

      if (/saudebucal/gi.test(window.igChannel) === false){if(document.querySelector(‘meta[name=”iG-noticia-comentarios”]’).content == ‘true’){document.write(‘‘);var dataHref = location.href.split(‘?’)[0];document.querySelector(‘#widget-comments’).innerHTML += ‘

      ‘;var checkFBCommentsLoaded = setInterval(function(){if(document.querySelector(‘.fb-comments’).getAttribute(‘fb-xfbml-state’) == ‘rendered’){document.querySelector(‘.fb-comments-loading’).remove();clearInterval(checkFBCommentsLoaded);}}, 100);}}