Confira quais as comorbidades relacionadas às mortes por Covid-19 em Joinville

Diabetes é a doença pré-existente mais comum em pessoas que morreram em decorrência do coronavírus na cidade

Logo que a pandemia de coronavírus chegou a Joinville, uma palavra pouco conhecida passou a fazer parte da rotina: comorbidade. O termo diz respeito à associação de duas ou mais doenças em um mesmo paciente. Estes quadros de saúde pré-existentes são um risco para quem é infectado pela Covid-19.

Hospital Municipal São José atende pacientes da Covid-19 em Joinville – Foto: Divulgação/ND

Segundo um estudo realizado pelo CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças), instituição dos Estados Unidos, pessoas que possuem problemas de saúde têm seis vezes mais chances de serem hospitalizadas. As mortes, por sua vez, são 12 vezes mais frequentes se comparadas a pacientes sem nenhum registro de doença pré-existente.

Em Joinville, de acordo com dados do governo de Santa Catarina, o problema de saúde mais comum em pessoas que morreram contaminadas pelo coronavírus é o diabetes, com 99 registros. Logo em seguida, estão a hipertensão (84 pacientes), e as doenças cardiovasculares crônicas (68 notificações).

De acordo com o médico infectologista Tarcísio Crocomo, os pacientes com doenças pré-existentes como essas possuem um grau de defesa inferior a quem que não tem problemas de saúde. “Eles são pacientes de risco para doenças infecciosas porque tem um grau de imunidade que pode ser comprometido”, explica.

Além disso, segundo ele, a Covid-19 é uma doença que acomete principalmente a parte pulmonar e cardíaca, se tornando um risco ainda maior para quem possui condições de saúde envolvendo esses órgãos.

GRÁFICO

Controlar as doenças pré-existentes é essencial

Tarcísio explica que controlar as doenças pré-existentes é fundamental para aumentar a imunidade e diminuir o risco de um agravamento no estado de saúde em caso de contaminação pelo coronavírus.

“É preciso procurar uma vida saudável, manter a medicação em dia, fazer atividade física com todos os cuidados necessários e realizar o controle da doença, para tentar atingir sempre um bom nível de imunidade”, aconselha.

Vale relembrar, ainda, os cuidados que são essenciais para se proteger da Covid-19, como manter o isolamento social, usar máscara sempre que sair de casa e higienizar as mãos com água e sabão ou álcool em gel sempre que necessário.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line