Confira as atrações do Terra da Gente deste sábado (04/07)


Conheça o trabalho de uma ONG para salvar o tamanduá-bandeira se encante com a história de um amante da natureza que se aventura atrás das espécies da fauna brasileira. Beija-flor-bandeirinha é um dos destaques do Terra da Gente deste sábado (04/07)

TG 1093
Mais um Terra da Gente imperdível te espera neste sábado (04/07) a partir das 14h, na EPTV. Conheça uma ONG que luta para salvar o tamanduá-bandeira. A espécie que já conviveu com mamutes e preguiças gigantes há mais de 14 milhões de anos, corre risco de extinção. Quem não ama um beija-flor? Conheça também a história de um amante da natureza que flagrou fotos e vídeos de uma das espécies mais raras entre as aves: o beija-flor-bandeirinha. Falando em ave, você conhece o chupim? A espécie adaptada em ambientes urbanos deixa a atividade de encubar e criar os próprios filhos para outras aves. Na pescaria, uma aventura pela Amazônia garante belos tucunarés. Na ‘Hora do Rancho’ tem receita inédita de quibe cru.
A espécie chupim deixa a tarefa de cuidar dos filhotes para outras aves.
Terra da Gente/Arquivo pessoal
Chupim
Se existe uma ave folgada, com certeza é o chupim. A espécie encontra o ninho que outra ave construiu, normalmente do tico-tico, e deixa os próprios ovos no local para a mamãe adotiva encubar e criar os filhotes. O chupim vive em bandos e está acostumado com os ambientes urbanos.
O tamanduá-bandeira, espécie que existe há milhões de anos, está ameaçado de extinção.
Terra da Gente/Arquivo pessoal
Tamanduá-bandeira
Você sabia que o tamanduá-bandeira é uma das espécies mais antigas do planeta? Esse simpático narigudo existe há mais de 14 milhões de anos, mas infelizmente está ameaçado de extinção. A equipe do TG foi conhecer o Projeto Tamanduá, no Pantanal, para mostrar um pouco mais sobre esses incríveis animais e acompanhar as atividades de pesquisadores que lutam pela sobrevivência da espécie.
O beija-flor-bandeirinha é uma das espécies mais raras de beija-flores.
Norton Santos/Arquivo pessoal
Beija-flor-bandeirinha
Quem lembra daquelas figurinhas de animais que vinham nos chocolates durante os anos 80? Pois é, foram elas que incentivaram o cientista de programação Norton Santos a viajar pelo Brasil atrás dos animais da nossa fauna. O registro do raro beija-flor-bandeira se destaque pela dificuldade de encontrar a ave e pela aventura para fotografá-la. O amante da natureza viajou milhares de quilômetros em um sábado quando soube que o beija-flor estava em um parque de Pernambuco e voltou no domingo. Ainda bem que as imagens e o encontro valeram a pena.
Belos dourados aparecem na pescaria da semana pela Amazônia.
Terra da Gente/Arquivo pessoal
Pecaria Amazônia
A 120 km da capital Manaus a equipe do TG vai atrás dos peixes. No caminho, conhecemos mais sobre o dia a dia que quem vive sem carro, mas já nasce na beira do rio com as habilidades para usar a canoa. A pescaria é o sustento de muitos. Os tucunarés aparecem e dão um show de saltos.
Aprenda a fazer quibe cru.
Terra da Gente/Arquivo pessoal
Quibe cru
Uma receita libanesa deliciosa, ensinada por uma especialista. Estamos falando do quibe cru. Pode parecer simples, mas existem dicas e ingredientes especiais que podem deixar o prato ainda mais gostoso.

COM AGÊNCIAS