Como será a visita ao jardim de girassóis de Joinville durante a pandemia

Parque estará seguindo as medidas de prevenção contra o novo coronavírus

foto mostra menina cheirando girassol no jardim de girassóis
Florada estará aberta para visitação até o fim de agosto

(Foto: Arquivo Pessoal)

Visitar o jardim de girassóis de Joinville é uma atividade recente, mas que já virou tradição em Joinville: em 2020, a terceira florada foi plantada e está disponível para visitação no Parque das Hemerocallis, na zona Norte da cidade, deste a última quarta-feira (15). Por causa da pandemia do novo coronavírus, no entanto, há várias restrições e regras para serem seguidas no local.

Como forma de garantir que todos possam visitar o local sem que isso provoque aglomerações, Dario Bergemann, o empresário que desde 2018 planta cerca de 7 mil girassóis em sua propriedade, decidiu promover três etapas de floração. Por isso, foram feitas semeaduras em três momentos diferentes, com 15 dias de diferença entre cada uma. 

Joinville atinge 69 mortes por coronavírus

Assim, quando os girassóis que cresceram e abriram nesta semana estiverem morrendo, entre 31 de julho e 1º de agosto, novos girassóis estarão abrindo para serem visitados nas duas primeiras semanas de agosto; e outros estarão brotando para preencherem o jardim entre 15 e 30 de agosto. Além disso, ele tem o objetivo de plantar novamente os girassóis em novembro, quando espera que a pandemia já tenha acabado ou esteja perto do fim.

— Acreditamos que, diante de tudo o que está acontecendo, o movimento será bem menor do que nos outros anos. Mesmo assim, vamos monitorar para que o distanciamente seja cumprido — afirmou Dario.

foto mostra um jardim de girassóis
Jardim é plantado anualmente; ciclo das flores é de apenas 15 dias de floração

(Foto: Arquivo Pessoal)

Neste ano, todo o Parque das Hemerocallis ganhou pontos de ácool gel e placas lembrando aos visitantes que existem regras para proteção contra o novo coronavírus. O uso de máscaras faciais será exigido desde o momento em que o visitante estiver no estacionamento e pessoas com 60 anos ou mais não poderão entrar, seguindo a determinação do decreto 38.520 da Prefeitura de Joinville. Segundo o decreto, pessoas com 60 anos ou mais só podem deixar o isolamento social para trabalhar, ir a consultas médicas, comprar alimentos ou medicamentos e fazer operações bancárias.

No Parque das Hemerocallis, haverá funcionários observando a movimentação para chamar a atenção, se necessário, se pessoas de famílias diferentes estiverem muito próximas. E, caso, o movimento seja mais alto do que o esperado, é possível que o acesso seja restrito na entrada para que o parque seja parcialmente esvaziado antes que novos grupos façam a visitação. Como a Vigilância Sanitária orientou que o playground fosse interditado, a direção decidiu retirar os brinquedos. O local também não abrirá aos domingos.

— Achamos que seria um sofrimento para as crianças pequenas, que iriam olhar os brinquedos e não iriam entender porque não podiam brincar neles — destacou Dario.  

Flores de 1,50m de altura

Os girassóis foram plantados pela primeira vez em julho de 2018 na área chamada de “Jardim do Sol” do Parque das Hemerocallis, uma propriedade privada aberta à visitação que se tornou popular em Joinville, principalmente, após a primeira florada. São plantadas cerca de 11 mil mudas de flor de girassol em um espaço de mil metros quadrados — neste ano, como serão três floradas, o espaço será um pouco menor. As flores chegam a atingir 1,50 metro.

O Parque das Hemerocallis possui 10 hectares e também tem jardins com outras espécies de flores e lagos ornamentais com carpas-japonesas. Ele foi aberto nos anos 1990 pelo Dario e sua esposa, Neusa, nas antigas terras da família dela. 

Agende-se:

O quê: Floração de girassóis na Agrícola da Ilha

Quando: a previsão de floração ocorre de 15 de julho a 30 de agosto. O local abre de terça a sexta, das 7h30 às 17 horas, e nos sábados, das 9 às 17 horas.

Onde: Rua Tenente Antônio João, 4.257, Bom Retiro. Contato: (47) 3473-0628.

Quanto: R$ 22, com meia-entrada para pessoas até 17 anos e estudantes com carteirinha a R! 11. Crianças de zero a cinco anos não pagam. Pessoas com mais de 60 anos não poderão entrar, respeitando o decreto municipal 38.520.

Com Agências