Comércio ambulante reabre na capital paulista

Vendedores ambulantes e de artesanato retomaram as atividades hoje (20), na capital paulista, após interrupção motivada pela circulação de covid-19. O período máximo de expediente será de seis horas por dia, de acordo com protocolo firmado entre as categorias e a prefeitura.

Para manter as bancas funcionando, os comerciantes deverão respeitar determinadas regras, já que têm contato direto com o público. As exigências são de que utilizem máscaras de proteção respiratória ou máscara protetora facial (viseira de acrílico), em tempo integral, que disponibilizem álcool em gel 70% aos clientes e evitem aglomerações, respeitando o distanciamento social distanciamento social mínimo de 1,5 metro.

Os comerciantes ficam autorizados a atender uma pessoa por vez e orientar os clientes a evitar tocar as mercadorias. Ainda segundo o protocolo, está proibida, temporariamente, a realização de feiras livres para comercialização de itens de consumo não essenciais.

A prefeitura recomenda que os vendedores reforcem aos clientes, através de cartazes ou faixas, banners e panfletos, a importância de seguirem as medidas sanitárias. Atualmente, a cidade situa-se na Fase Amarela do Plano São Paulo e soma 181.158 casos confirmados de covid-19, 8.834 óbitos e 299.540 casos suspeitos da doença.

Com Agências