Com chuva volumosa, Ribeirão Preto tem mínima de 16ºC, e qualidade do ar melhora; ventos chegam a 50km/h

Máxima prevista é de 24ºC para esta terça-feira (22), que marca início da primavera. Após mais de três meses de estiagem, cidade registra 37 milímetros de precipitações desde o fim de semana. Depois de mais de três meses de estiagem, Ribeirão Preto (SP) voltou a registrar chuvas com queda nas temperaturas e melhora na qualidade do ar nesta terça-feira (22).
De acordo com a Somar Meteorologia, a temperatura mínima do dia que marca o início da primavera é de 16ºC com sensação térmica de 15,3ºC, e a máxima deve ficar na casa dos 24ºC, clima mais ameno do que o registrado até a semana passada, quando os termômetros ultrapassaram a marca dos 35ºC.
Desde o fim de semana, as precipitações ultrapassam a marca dos 37 milímetros e devem continuar nesta terça-feira, com volume esperado acima dos 10 milímetros, patamar já considerado volumoso pelos especialistas, e ventos na casa dos 50km/h.
A mudança no tempo ocorre graças a uma área de instabilidade no interior do continente e a um sistema frontal estacionário – faixa de transição entre massas de ar com características diferentes – na região do Rio de Janeiro, segundo os meteorologistas.
A chuva, com períodos intercalados, volta a perder força durante a noite, e a quarta-feira (23) deve ter mais nuvens e temperaturas mais altas, mas uma menor possibilidade de precipitação, que deve voltar a partir de outubro, de acordo com os especialistas.
Qualidade do ar
As chuvas também melhoram a qualidade do ar, considerada boa pela Companhia Ambiental do Estado (Cetesb) nesta terça-feira. Até o fim de semana, com a elevada concentração de partículas inaláveis suspensas, e uma cortina de fumaça que encobriu a cidade, esse índice chegou a ser apontado como “muito ruim”.
Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca