China acelera e eleva produção de caça multifuncional JF-17

Thunder JF-17 (modelo anterior)

O gigante asiático elevou a produção do caça JF-17, desenvolvido em conjunto com o Paquistão. Com isso, o país entregou o maior número de aeronaves dos últimos cinco anos.

O tempo de produção da aeronave, que tem como principal operador o Paquistão, foi reduzido em 15 dias, informa a Corporação da Indústria de Aviação da China (AVIC, na sigla em inglês), citada pelo Global Times.

A versão mais recente do caça é a JF-17 Block 3, que fez seu primeiro voo em dezembro de 2019.

Além disso, os caças destinados ao Paquistão devem receber novos motores RD-93MA, que podem produzir um empuxo de até 9.300 kgf e que foram desenvolvidos pela empresa estatal russa United Engine Corporation (ODK, na sigla em russo).

De acordo com informações, o Paquistão já teria construído 100 caças JF-17, sendo que outros 62 da versão JF-17 Block 3 podem ser encomendados até 2024.

Yang Wei, projetista-chefe do projeto desenvolvido em conjunto com o Paquistão, afirmou que outros países já demonstraram interesse em adquirir a nova versão da aeronave.

Com Agências