Chapecoense vence o Avaí por 2 a 0 na volta do Campeonato Catarinense

Verdão do Oeste superou a falta de ritmo, pressionou o Avaí e garantiu a vantagem no confronto válido pelas quartas de final

A Chapecoense venceu o Avaí por 2 a 0 nesta quarta-feira (8) à noite e garantiu uma boa vantagem em busca da classificação para as semifinais do Campeonato Catarinense. Na retomada do Estadual depois de 115 dias parado pela pandemia do novo coronavírus, o Verdão do Oeste fez valer o mando de campo mesmo com as arquibancadas da Arena Condá vazias.

Uma data histórica no Campeonato Catarinense

A vitória coloca a Chapecoense em uma situação favorável para o jogo de volta, na Ressacada, e mostra uma transformação em relação à primeira fase do campeonato, antes da pandemia. O Avaí se classificou para a fase final em primeiro lugar, com 17 pontos e cinco vitórias, enquanto a Chapecoense conseguiu apenas a oitava e última vaga, com 10 pontos e somente duas vitórias até então.

O primeiro tempo foi de poucas chances e muitos erros por parte das duas equipes, que demonstravam claramente a falta de ritmo de jogo. Na segunda etapa a Chapecoense veio muito mais ligada e pressionou o Avaí, colocando velocidade no jogo e mostrando eficiência nas bolas áreas.

O primeiro gol veio aos nove minutos do segundo tempo, quando o zagueiro Luiz Otávio aproveitou a sobra de bola dentro da pequena área após um escanteio e chutou forte para dentro do gol. A Chape manteve o ritmo e, aos 25 minutos, Anselmo Ramon marcou o segundo após outra bola levantada na área. O atacante dominou e soltou uma bomba, sem chances para o goleiro Lucas Frigeri.

Sob o comando do meia Valdívia, que participava de todas as jogadas do Leão, o Avaí até tentou se recuperar e diminuir a vantagem, mas parou na falta de ritmo e criatividade ofensiva.

Melhor para o Verdão do Oeste, que fez a torcida vibrar nos telões instalados nas arquibancadas com imagens dos torcedores em casa e nos alto-falantes que diminuíram o silêncio do estádio vazio. As duas equipes voltam a campo domingo, às 16h, na Ressacada, para definir a classificação. O vencedor encara na semifinal quem passar no duelo entre Criciúma e Marcílio Dias, que empataram em 0 a 0 nesta quarta.

Ficha técnica

Chapecoense – 2

João Ricardo; Ezequiel, Joilson, Luiz Otávio, Alan Ruschel; Anderson Leite (Ronei), William Oliveira, Denner (Lima); Matheus (Rone), Paulinho (Alan Grafite) e Anselmo Ramon. Técnico: Umberto Louzer.

Avaí – 0

Lucas Frigeri; Lourenço (Da Silva), Betão, Airton (Rafael Pereira), Capa; Wesley, Pedro Castro, Ralf, Valdívia; Rildo (Vinícius Jaú) e Jonathan. Técnico: Rodrigo Santana.

Gols: Luiz Otávio (C), aos 9 minutos do segundo tempo, e Anselmo Ramon (C) aos 25 minutos do segundo tempo.

Arbitragem: Rafel Traci, auxiliado por Helton Nunes, Éder Alexandre e Evandro Tiago Bender.

Arena Condá, em Chapecó.

COM AGÊNCIAS