Cesare Battisti está em greve de fome e denuncia “vingança” do Estado italiano

O ex-ativista comunista Cesare Battisti está realizando uma greve de fome desde a terça-feira, 8, e está denunciando uma “vigança” do Estado italiano. Ele está isolado desde meados de janeiro de 2019 em condições péssimas.

Ele se encontra na Sardenha, condenado à prisão perpétua pelo assassinato de quatro fascistas na década de 1970. Ele tem 65 anos e cumpre pena de segurança máxima de Oristano, com o acesso a familiares dificultados pelo Estado italiano.

Cesare Battisti

Leitores On Line