Ceará chega a 233.818 casos da Covid-19 no Estado; 8.813 pessoas não resistiram à enfermidade

Ao todo, 207.433 pessoas já se recuperaram da doença. O Ceará chegou a 233.818 casos confirmados de Covid-19 e 8.813 mortes em decorrência da doença. Ao todo, 207.433 pessoas já se recuperaram da enfermidade. Os dados foram divulgados pela plataforma IntegraSUS, da Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa), atualizada às 9h22 deste domingo (20).
Além disso, ainda são investigados 87.972 casos e 604 óbitos. O número de casos notificados chegou a 718.067. O Estado já realizou 720.032 testes para identificar o novo coronavírus.
As cidades com maiores incidências de casos confirmados por 100 mil habitantes são Acarape (11.400,6), Frecheirinha (10.560), Groaíras (6.532,3), Chaval (6.106,1) e Quixelô (5.934).
Fortaleza é líder em números absolutos, com 48.457 casos do novo coronavírus e 3.844 óbitos pela infecção.
Juazeiro do Norte, no Cariri, é a segunda cidade em número de casos confirmados: 14.910. A cidade tem 275 mortes pela doença e incidência de casos de 5.437,5.
Sobral, na Região Norte, acumula 11.567 diagnósticos positivos, 309 óbitos e incidência de 5.536,2. Crato, cidade caririense com incidência em 4.668,4, contabiliza 6.168 casos e 85 mortes.
Em Maracanaú, na macrorregião de Fortaleza, já confirmou 6.583 ocorrências da infecção, 244 óbitos e tem incidência de 2.888,7. Em Caucaia, segunda cidade em mortes pela Covid-19, 5.706 pessoas já foram infectadas e 342 não resistiram à doença. A incidência de casos na cidade está em 1.578,9. Maranguape tem 4.743 casos, 244 óbitos e incidência de 3.677,4.
Veja outras informações da plataforma:
A taxa de ocupação das UTIs cearenses é de 57,21%;
A taxa de ocupação das enfermarias cearenses é de 31,11%;
A letalidade da doença no Estado é de 3,8%;
Os números apresentados pela Secretaria da Saúde são atualizados permanentemente e fazem referência à disponibilidade dos resultados dos testes para detectar a presença dos vírus, ou seja, não necessariamente correspondem à data da morte ou do início da apresentação dos sintomas pelo paciente.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line