O número de casos do novo coronavírus superaram os 18 milhões em todo o mundo neste domingo (2), enquanto a pandemia continua seu avanço, mais da metade deles em Estados Unidos e América Latina e Caribe.Pelo menos 18.011.763 casos, dos quais 687.941 óbitos, foram declarados, sobretudo nos Estados Unidos, o país mais afetado do mundo pela pandemia, com 4.665.002 contágios e 154.834 óbitos, o Brasil (2.733.677 casos, 94.104 mortes) e a Índia (1.750.723 casos e 37.364 mortes). 

Seis meses depois de a Organização Mundial da Saúde declarar a emergência sanitária global, o vírus matou mais de 687.000 pessoas desde que surgiu na China no final do ano passado, segundo uma contagem feita pela AFP, com base em fontes oficiais.

Novos casos foram registrados em países que já tinham controlado seus surtos, forçando governos a reimpor medidas de ‘lockdown’, apesar das preocupações com os novos efeitos para a economia.

O estado de Victoria, na Austrália, impôs novas restrições no domingo, incluindo um toque de recolher em Melbourne pelas próximas seis semanas, com a proibição de celebrações de casamentos e uma ordem para que escolas e universidades voltem às aulas on-line nos próximos dias.