CASAN prepara moradores dos bairros São Luiz e Próspera para uso adequado da rede de esgotos

Mesmo que não esteja ainda autorizada a ligação à rede coletora em implantação nos bairros São Luiz e Próspera, a Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (CASAN) prepara os moradores para o uso adequado do sistema de esgotos.

O alerta sobre os problemas e as dicas de boas práticas também servem para todos os moradores que já contam com o serviço de coleta e tratamento em outras regiões de Criciúma.

A CASAN destaca que um dos principais entraves ao bom funcionamento do sistema público de esgotos é a presença de lixo nas tubulações e na chegada da estação de tratamento. Entre os principais rejeitos encontrados durante o trabalho de profissionais dos Setores Operacionais de Esgoto estão plásticos, panos, pedaços de tijolos, fraldas, cabelos e preservativos.

Outro problema é a ligação de água da chuva nos sistemas de esgoto, o que também compromete o seu funcionamento. Quando as redes de drenagem e de esgotamento sanitário são interligadas indevidamente, aumentam as chances de extravasamentos na cidade.

A orientação é que a água da chuva coletada nas calhas seja direcionada às redes de drenagem, que são separadas das tubulações de esgoto. Essa conexão inadequada entre as duas redes tanto pode causar problemas nas residências, o que é um transtorno para o morador, como para o funcionamento das estações de tratamento, unidades fundamentais para que o esgoto seja depurado e possa voltar à natureza sem causar danos.

Outra orientação fundamental, de acordo com a Companhia, é que todas as residências possuam a caixa de gordura, para evitar que esse resíduo chegue às tubulações e provoque seu entupimento.

Cronograma de obras

As frentes de trabalho de implantação do sistema de esgoto no Bairro São Luiz, seguem realizando o assentamento da tubulação da rede coletora e instalação das Caixas de Inspeção para as ligações domiciliares, em paralelo à obra do binário da Avenida Santos Dumont.

As ações estão concentrados esta semana nas ruas Caçador, Presidente Prudente, Carlos Pinto Sampaio e na Rodovia Luiz Rosso. Os motoristas que passarem por essas vias deverão ficar atentos, pois o trânsito fica parcialmente interrompido sempre entre esquinas para não atrapalhar o fluxo de veículos.

Dicas sobre o uso adequado do Sistema Público de Esgotamento Sanitário

– Não descarte lixo (plásticos, cabelos, preservativos, cotonetes etc.) no vaso sanitário, nem mesmo papel higiênico.

– Mantenha os ralos de chuveiro, pia e tanque sempre limpos, assim material sólido não será levado para o sistema de esgoto.

– Não despeje óleo de fritura na pia, pois a gordura fica sólida quando esfria, causando obstrução da rede de coleta. Recolha o resto de óleo de cozinha em recipientes descartáveis e entregue em pontos de coleta para reciclagem, ou coloque devidamente embalados em pontos de coleta no município.

– Em residências, verifique periodicamente a caixa de gordura, e se houver excesso muito material incrustado, providencie a limpeza. Em geral, a retirada da parte sólida deve ser realizada a cada seis meses e de forma manual (com auxílio de pequenas pás ou colher), mas esse período pode variar de acordo com os hábitos alimentares da família.

– Em prédios, bares e restaurantes a limpeza da caixa de gordura precisa ser feita com muito mais frequência, e pode ocorrer mensalmente, semanalmente ou até diariamente, variando em função do número de moradores (no caso de edifícios) e da quantidade e do tipo de alimento que o estabelecimento produz (em caso de lanchonetes e restaurantes).

– Nunca ligue calhas e ralos que recebem água da chuva na rede de esgotos. Nem a rede de coleta, nem a estação de tratamento, são dimensionadas para receber essa água. Esse tipo de ligação sobrecarrega o sistema, pode causar rompimentos e retorno do esgoto para as ruas ou até mesmo para dentro dos imóveis. A água da chuva também sobrecarrega e compromete o funcionamento das estações de tratamento, que são dimensionadas para receber exclusivamente esgoto.

– Direcione a água do tanque e da lavanderia para o sistema de esgoto, jamais para áreas a céu aberto.

– Não retire a tampa dos Poços de Visitas da CASAN para escoar a água da chuva. Além de ser um ato de vandalismo, prejudica o serviço público de coleta e tratamento de esgoto e também pode causar acidentes.

– Evite plantar árvores próximas às tubulações de esgoto, pois as raízes podem causar danos à rede.

Texto: Eloise de Lima/ Projeto Socioambiental das Obras de Ampliação do Esgotamento Sanitário para o Bairro São Luiz / Criciúma

Foto: Acervo CASAN.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line