Campanhas de vacinação atingem menos de 70% das crianças em MG

”Metas

Metas de vacinação não são atingidas em Minas Gerais
Reprodução / Freepik

A SES-MG (Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais) confirmou que nenhuma das campanhas de vacinação para crianças menores de quatro anos de idade atingiram a meta prevista para o ano de 2020.

Segundo o Governo do Estado, a imunização com maior cobertura foi a DTP, que combate difteria, tétano e coqueluche. Cerca de 80% do público-alvo recebeu uma dose da vacina. Já a cobertura mais baixa foi a da segunda dose da tríplice viral, que protege os mais novos de doenças como o sarampo, a caxumba e a rubéola. Apenas 58% da meta foi atingida.

Veja: Aulas “dificilmente” voltam sem vacina, diz prefeitura de BH

A campanha contra a poliomielite conseguiu imaginar pouco mais de 60% do público alvo para a primeira e segunda dose. Por último, dois terços das crianças receberam a pneumocócica, que protege os jovens contra doenças graves, como pneumonia, meningite e otite.

Vacinas em Minas

Além das quatro campanhas citadas, a vacinação contra o sarampo também deve fechar abaixo da meta. Entre os motivos para a queda nos índices, está a pandemia da covid-19 e o medo de se expor ao novo coronavírus em laboratórios e postos de saúde.

*Estagiário do R7 sob a supervisão de Lucas Pavanelli

Com Agências

Leitores On Line