Câmara de Vereadores aponta supostas irregularidades na Secretaria de Saúde de Ji-Paraná, RO


Secretário de saúde do município diz que “todas as decisões da secretaria são pautadas nas orientações do Ministério da Saúde”. Secretaria Municipal de Saúde de Ji-Paraná, RO

A Câmara de Vereadores de Ji-Paraná (RO) enviou à Prefeitura da cidade um ofício apontando supostas negligências cometidas pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) durante a pandemia do novo coronavírus.
Os vereadores afirmam que já receberam mais de 50 denúncias dos moradores de Ji-Paraná referentes as ações de enfrentamento a pandemia. Entre as reclamações da população estão: dificuldades para realizar testes para detecção da Covid-19, mesmo com pedido médico, e a falta de acompanhamento dos pacientes já diagnosticados com a doença.
No ofício, conforme apurado pela Rede Amazônica, também há falta de gratificação aos servidores que trabalham na linha de frente. Os vereadores pedem pelo afastamento do secretário municipal de saúde Rafael Papa, caso essas reclamações não sejam atendidas.
O secretário afirmou que o município já fez um estudo para solucionar a questão da gratificação aos servidores.
“Todo documento oficial será respondido de forma oficial, com todo o respaldo técnico, todas as informações serão totalmente reforçadas por notas técnicas, pareceres técnicos, da vigilância, do Ministério da Saúde, todas as decisões da secretaria são pautadas nas orientações do Ministério da Saúde e hoje, se conseguir ampliar o serviço ,vamos dizer como e porque estamos ampliando”, comentou o secretário Rafael Papa.
A assessoria da prefeitura informou que recebeu o ofício na tarde da última terça-feira (7), e acrescentou que o poder executivo não tem intenção de substituir nenhum funcionário.

COM AGÊNCIAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.