Caça da Marinha dos EUA é ‘disfarçado’ de Su-27 para treinamentos contra adversário (FOTO)

Caça Su-27 no voo

O caça leve F-5 fez seu primeiro voo com o novo padrão de pintura em 20 de julho e é esperado que comece a treinar em breve com a Marinha, aponta portal Military Watch.

Ele é valorizado por sua manobrabilidade e, acima de tudo, pela facilidade de manutenção e pelos baixos custos operacionais.

Aviônica e sistemas de guerra eletrônica dos caças F-5 que integram os “esquadrões do adversário” foram modernizados para que pudessem imitar com mais eficácia as capacidades de caças inimigos.

U.S. Navy F-5F Performs First Flight In Su-27 Flanker-Inspired “Siberian Tiger” Paint Scheme: https://t.co/uArFwUIX5y pic.twitter.com/cdoJ21xxFS

— The Aviationist (@TheAviationist) July 20, 2020

​Caça F-5F da Marinha dos EUA realiza primeiro voo com o novo padrão de pintura chamado “Tigre Siberiano” inspirado no Su-27 Flanker.

O caça Su-27 representado pelo F-5 não é um avião moderno, ele foi produzido nas décadas de 1990 e 2000 para se contrapor ao F-15. O Su-27 foi retirado da produção e a Força Aeroespacial da Rússia está substituindo-o por aviões mais avançados, como Su-30 e Su-35.

As versões mais modernas, Su-27SM2 e Su-27SM3, superam as aeronaves da Marinha dos EUA em capacidades de combate, principalmente graças aos potentes radares Irbis-E, que detectam alvos convencionais até 400 km e furtivos até 80 km, e mísseis ar-ar de longo alcance.

Com Agências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.