Brusque vence Joinville em casa e está nas semifinais do Catarinense



Marco Antônio e Edu marcaram para o Marreco, que enfrenta o Juventus na próxima fase

O Brusque conseguiu a classificação às semifinais do Campeonato Catarinense na noite desta quinta-feira, 30, após vencer o Joinville por 2 a 1 no Augusto Bauer. Marco Antônio e Edu marcaram para o quadricolor, e Trindade descontou para o JEC. O Marreco enfrenta o Juventus na próxima fase, com o primeiro jogo sendo disputado em Jaraguá do Sul.

Marreco sendo Marreco

O quadricolor foi superior durante o primeiro tempo, tendo maior controle. Aos 6 minutos, Thiago Alagoano recebeu excelente passe de Edu, e chutou cruzado, rasteiro, com a canhota. A bola saiu um tanto torta e passou perto do gol de Dalberson. Aos 12, Edu recebeu bom passe dentro da área, levou pro pé esquerdo, mas bateu pra fora.

Marco Antônio conseguiu abrir o placar aos 20, com um golaço. Partiu pra cima da marcação, deixou Edson Borges comendo poeira e deu um toquinho com nojo na saída de Dalberson. Absolutamente genial.

Marco Antônio dribla Edson Borges antes de encobrir Dalberson | Foto: Marcio Costódio

Aos 23, o Joinville respondeu. Após escanteio, houve desvio no primeiro poste e Eduardo Melo acabou cabeceando no susto, sem conseguir levar o perigo que queria. Braga chutou bonito do meio da rua aos 36, e Zé Carlos foi obrigado a fazer ótima defesa para jogar pela linha de fundo. Nos últimos minutos, o Coelho cresceu, mas teve dificuldades para levar perigo na hora de concluir as jogadas, bastante dependente do jogo aéreo e dos chutes de fora da área. Luquinhas foi o destaque da equipe na primeira etapa.

O travessão

No segundo tempo,o Joinville teve momentos de pressão, principalmente nas jogadas aéreas e com chutes de média e longa distância.

Aos 9, após levantamento na área, Edson Borges escorou para Luquinhas, que dominou no peito e, de voleio, mandou uma bomba no travessão de Zé Carlos. Aos 18, nova bomba no travessão. Desta vez, de Lucas de Sá, cobrando falta de longe, com estilo.

Os gols

Mas, logo no instante seguinte, quando o JEC crescia no jogo, o Brusque ampliou de pênalti. Zé Mateus caiu em lance com Edson Borges, e Edu cobrou no meio. Foi seu sétimo gol no Catarinense, isolando-se cada vez mais na artilharia da competição.

O Joinville conseguiu pressionar o Brusque, acreditando em uma possível virada enquanto amargava uma desvantagem de três gols no placar agregado. Conseguiu diminuir. Aos 34 minutos, Trindade cabeceou após bom levantamento pela direita e deixou o placar em 2 a 1.

Mais trave

Aos 39, em nova grande chance, Lucas de Sá cobra falta coberta de veneno, Edson Borges não alcança, a bola quica na pequena área e bate na trave de Zé Carlos, antes de a zaga brusquense se livrar do perigo.

Na última ação do jogo, Dalberson saiu do gol e fez falta feia sobre Thiago Alagoano, sendo expulso.


Brusque 2×1 Joinville
Campeonato Catarinense – Quartas de final – volta
Quinta-feira, 30 de julho de 2020
Augusto Bauer

Brusque: Zé Carlos; Edílson (Gustavo Henrique 27′-2ºt), Cleyton, Everton Alemão, Aírton (Ronaell 41′-2ºt); Zé Mateus, Rodolfo Potiguar (Ruan 44′-2ºt); Fabinho (Baianinho 41′-2ºt), Thiago Alagoano, Marco Antônio (Dandan 41′-2ºt); Edu.
Técnico: Jerson Testoni

Joinville: Dalberson; Edson Ratinho, Eduardo Melo, Edson Borges, Mayk; Trindade, Braga (Renan Guedes 14′-2ºt); Luquinhas (Diego 29′-2ºt), Lucas de Sá, Romarinho (Robert Fischer-int); Adriano (Wallisson 14′-2ºt).
Técnico: Fabinho Santos

Trio de arbitragem: Fernando Henrique de Medeiros Miranda (Florianópolis), auxiliado por Alex dos Santos (Bombinhas) e Alexandre Bittencourt (Bombinhas).

Gols: Marco Antônio (20′-1ºt) e Edu (21′-2ºt); Trindade (34′-2ºt)

Cartões amarelos: Aírton, Marco Antônio, Edu e Edílson; Robert Fischer e Wallisson

Cartão vermelho: Dalberson

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line