Bombeiros controlam incêndio que destruiu áreas de vegetação na Serra do Caracol, em Andradas


Durante uma semana, fogo atingiu pontos como o Pico do Gavião, na divisa com Águas da Prata (SP). Cerca de 20 bombeiros participam de combate às chamas em Andradas (MG)
Erlei Peixoto
O Corpo de Bombeiros conseguiu controlar o incêndio que atingiu a Serra do Caracol, em Andradas (MG). O local que abriga o Pico do Gavião, na divisa com Águas da Prata (SP), pegou fogo durante uma semana. Neste domingo (20), equipes conseguiram fazer o rescaldo.
Segundo os bombeiros, a equipe de Belo Horizonte (MG) especializada em combate a incêndios florestais conseguiu controlar as chamas em um ponto específico durante a madrugada de domingo. Já pela manhã, outra equipe trabalhou no rescaldo da área.
A forte chuva que atingiu a Serra do Caracol entre a madrugada e a manhã também foi fundamental para reforçar o trabalho de rescaldo, segundo os bombeiros, o que evitou que novos pontos de fogo surgissem.
Fogo atinge Pico do Gavião em Andradas (MG)
Erlei Peixoto/EPTV
Os bombeiros trabalham no cálculo da área total atingida. Até sábado, eram mais de 360 hectares.
Mais de 20 militares dos bombeiros de Poços de Caldas (MG) e Belo Horizonte (MG) participaram da operação ao longo da semana, além de brigadistas de Águas da Prata, Defesa Civil de Andradas e voluntários. Os trabalhos tiveram apoio de dois helicópteros – um do Batalhão de Operações Especiais (BOA), que veio da capital mineira, e outro do Instituto Estadual de Florestas (IEF), tripulado por policiais militares.
Uma base de operação foi montada no acesso ao Pico do Gavião, onde há estrutura com internet e demais serviços para ponto de apoio. As chamas começaram domingo passado (13) e na segunda-feira (14) atingiram o território em Minas Gerais.
Fogo destruiu área no Pico do Gavião em Andradas (MG)
Corpo de Bombeiros
Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas