Bombeiros controlam incêndio em shopping no centro de Beirute


Prédio é um marco da capital libanesa e leva a assinatura da arquiteta Zaha Hadid; cidade ainda se reconstrói após a grande explosão na região portuária em 4 de agosto. Beirute registra incêndio em prédio de centro comercial
Um incêndio consumiu parte da estrutura de um shopping no centro da capital libanesa nesta terça-feira (15). O fogo foi contido pelos bombeiros e não houve registro de feridos, mas preocupa em uma cidade que ainda vive as consequências da grande explosão na região portuária em 4 de agosto.
O prédio futurista que abriga o centro comercial é uma criação da arquiteta de origem iraquiana e britânica, Zaha Hadid, e estava em obras já há alguns anos. Segundo a construtora responsável pelos trabalhos, a causa do incêndio foi um acidente.
O edifício fica em uma região de Beirute conhecida como Souks, um distrito comercial que foi completamente refeito durante a década de 1990, logo após o fim da guerra civil libanesa que durou 15 anos.
Bombeiros controlam incêndio em shopping de Beirute nesta terça-feira (14)
Ahmad el Kerdi/Reuters
Na semana passada, outro incêndio preocupou os moradores da capital. Um depósito de óleo e pneus pegou fogo na região portuária onde, no início de agosto, um depósito de nitrato de amônio explodiu deixando quase 200 mortos e milhares de desabrigados.
Desde a tragédia, o país, que já enfrentava uma grave crise econômica e política, viu crescer indignação da popular. Uma série de protestos ocorreram em várias regiões.
Em 10 de agosto, o primeiro-ministro Hassan Diab renunciou. O Líbano ficou sem um líder de governo até o dia 31 de agosto, quando assumiu Mustapha Adib, que foi embaixador do Líbano na Alemanha por sete anos.
Bombeiros controlam incêndio em shopping no centro de Beirute nesta terça-feira (15)
Ahmad el Kerdi/Reuters
VÍDEOS: Notícias internacionais
Leitores On Line