Bolsas dos EUA fecham em alta com noticiário corporativo e esperanças sobre vacina


Notícias relacionadas ao mercado de fusões e aquisições ajudaram a impulsionar o pregão desta segunda-feira (14). Os mercados de ações nos Estados Unidos encerraram em forte alta nesta segunda-feira (14), já que sinais de progresso no desenvolvimento de uma vacina para a Covid-19 e uma série de acordos multibilionários aumentaram o otimismo de investidores.
O Dow Jones subiu 1,18%, para 27.993,33 pontos, o S&P 500 valorizou-se 1,27%, para 3.383,54 pontos, e o Nasdaq teve alta de 1,87%, para 11.056,65 pontos.
Os ganhos foram amplos, com todos os segmentos do S&P 500 encerrando em território positivo e o setor imobiliário e de tecnologia liderando o movimento.
Placa de Wall Street perto da bolsa de Nova York
REUTERS/Shannon Stapleton
A farmacêutica AstraZeneca retomou os testes clínicos britânicos da sua vacina contra a Covid-19, uma das em estágio mais avançado de desenvolvimento.
Além disso, os papéis da Pfizer Inc valorizaram-se 2,6%, depois que a farmacêutica e a empresa de biotecnologia alemã BioNTech SE propuseram expandir a Fase 3 do seu teste clínico da vacina contra a Covid-19 para cerca de 44 mil participantes.
“O mercado adora qualquer coisa ligada a uma vacina porque essa é a solução definitiva. E veremos mais e mais manchetes”, disse Tim Ghriskey, estrategista-chefe de investimentos da Inverness Counsel em Nova York, Nova York.
Notícias relacionadas ao mercado de fusões e aquisições também impulsionaram o pregão, e os papéis do setor de tecnologia tiveram bom desempenho, mas os segmentos relacionados a empresas cujas ações parecem baratas (as chamadas “value stocks”) também mostraram boa performance, afirmou Ghriskey. Isso sugere que os investidores podem continuar a comprar as “value stocks”.
Nvidia Corp saltou 5,8% e foi um dos maiores impulsos para o S&P 500 e o Nasdaq, depois de planos de comprar a designer de chips do Reino Unido Arm, hoje pertencente ao japonês SoftBank Group Corp por até 40 bilhões de dólares, em um acordo que pode remodelar o panorama global de semicondutores. O índice Philadelphia SE para ações do setor aumentou 2,1%.
Oracle ganhou 4,3%. A empresa de serviços em nuvem disse que se juntaria à chinesa ByteDance para manter o TikTok operando nos Estados Unidos, derrotando a Microsoft Corp em um negócio estruturado como uma parceria em vez de uma venda direta.
Veja as últimas notícias de economia
Leitores On Line