Benfica de Jorge Jesus decepciona é eliminado na fase prévia da Champions

O técnico Jorge Jesus trocou o Flamengo pelo Benfica com o objetivo de recolocar o clube de Lisboa na elite do futebol europeu. No entanto, sua primeira experiência no retorno à equipe terminou em decepção: uma derrota por 2 a 1 para o PAOK, na Grécia, na tarde desta terça-feira, 15, representou a eliminação do Benfica na primeira fase preliminar da Liga dos Campeões.

A pandemia do coronavírus atrasou a última edição da Champions e também provocou mudanças no atual regulamento, fazendo com que todas as fases prévias fossem decididas em jogo único. Jogando fora de casa, Jorge Jesus escalou dois de seus reforços brasileiros para a temporada, Everton Ribeiro e Pedrinho, como titulares. Os ex-jogadores de Grêmio e Corinthians, respectivamente, fizeram um bom primeiro tempo e assustaram em chutes de bola parada. Pizzi ainda mandou uma bola na trave para o Benfica, mas o placar se manteve inalterado.

Na segunda etapa, o PAOK equilibrou as forças e chegou ao gol em infelicidade de outro reforço de peso do Benfica, o belga Jan Verthonghen, que tentou cortar cruzamento e marcou contra. O nervosismo tomou conta do Benfica, que ainda levou o segundo, em bonita jogada individual de Andrija Zivkovic. O clube lisboeta descontou nos acréscimos com gol de cabeça do português Rafa Silva, mas já era tarde. O PAOK enfrentará na próxima fase, a última antes da fase de grupos, o Krasnodar, da Rússia, enquanto o Benfica focará suas atenções á liga portuguesa. 

Leitores On Line