Balneário Camboriú contabiliza os danos após passagem de ciclone extratropical

O trabalho de limpeza e manutenção segue na manhã desta quarta-feira (01) em toda a cidade, após a passagem de um ciclone extratropical, com ventos de 95km/h, na terça-feira (30). No total, 70 ocorrências foram registradas na Defesa Civil de Balneário Camboriú.

Desde o início do vendaval, por volta das 16h de ontem, a Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e demais órgãos de segurança atenderam ocorrências por toda a cidade. Foram registrados, até o momento, 30 quedas de árvores e 25 destelhamentos, com entrega de lona. A queda de árvores interditou ruas, arrebentou fiação elétrica e danificou casas, motos e carros. Também houve queda de outdoors metálicos, placas, janelas, desprendimento de telas e jaús de construção, janelas e sacadas. Ninguém ficou ferido.

A Secretaria de Obras está trabalhando em cinco frentes na remoção das árvores caídas e na limpeza das ruas.

De acordo com a Celesc, cerca de 280 mil consumidores ficaram sem energia nesta terça-feira, retornando somente próximo às 22h30. Em algumas regiões da cidade a luz ainda não retornou e não há previsão. Muitos cabos de rede foram partidos e as equipes trabalham desde a tarde de ontem.

Prédios públicos danificados

A manutenção segue, também, nos prédios públicos que sofreram danos durante o vendaval. O Pronto Atendimento (PA) da Barra teve os atendimentos suspensos devido a cedência do teto. Todos os pacientes foram transferidos para outras unidades. Já no Hospital Municipal Ruth Cardoso, as tendas na parte externa foram danificadas e um gerador apresentou problemas durante a noite, sendo consertado rapidamente, sem afetar os atendimentos. Na Unidade Básica de Saúde do Bairro Ariribá, o toldo se soltou, e interrompeu os atendimentos na manhã desta quarta-feira. Os atendimentos emergenciais podem ser feitos na Unidade de Pronto Atendimento das Nações ou no Pronto Socorro do Hospital Ruth Cardoso.

As unidades escolares também sofreram danos. A que teve maiores estragos foi o Centro Educacional Municipal Tomaz Antônio Garcia, no Bairro dos Municípios. O muro veio a baixo com a força do vento, assim como parte do telhado, caixa d’água e outros danos nas salas de aula. As equipes de manutenção já trabalham nos reparos.

A Passarela da Barra teve vidros quebrados durante o vendaval e o acesso teve que ser interrompido por medida de segurança.

Já no Paço Municipal, ainda não há previsão de retorno da energia elétrica e também a telefonia está fora do ar.

COM AGÊNCIAS

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line