Azul estima chegar em outubro com 60% da oferta de voos que apresentava em 2019


Companhia aérea prevê operar 505 voos por dia, para 89 destinos. Voo da Azul no Aeroporto Regional da Zona da Mata Presidente Itamar Franco
Vagner Tolendato/G1
A Azul informou nesta terça-feira (15) que vai ampliar a oferta de voos em outubro, chegando a 60% do nível de oferta que apresentava no mesmo mês de 2019. A companhia prevê operar 505 voos por dia, para 89 destinos. A malha estimada para setembro é de 407 decolagens por dia, ou 55% da oferta registrada no mesmo mês do ano passado.
A companhia vai voltar a oferecer voos para Sorriso, no Mato Grosso, a partir de 1º de outubro. A Azul também terá rotas partindo de Campinas (SP) para Rondonópolis (MT), Juazeiro do Norte (CE) e Petrolina (PE). Guarulhos também terá novos voos para Juazeiro do Norte e Curitiba. Vitória da Conquista, na Bahia, terá voos diretos para Confins (MG) e Salvador.
Em nota, Emirates diz que não fez anúncio de demissões em massa na companhia aérea
A Azul prevê ainda oferecer voos de Manaus a Recife e Santarém (PA), além de voos de Belém a Fortaleza.
Na região Sul, a companhia ampliará a oferta de voos, com rotas ligando Curitiba a Guarulhos, Campo Grande, Foz do Iguaçu (PR), Londrina (PR) e Maringá (PR), e rota de Porto Alegre a Foz do Iguaçu.
Leitores On Line