Auxílio emergencial: pagamento da 4ª parcela para o Bolsa Família será em cota única e começará na segunda-feira

O pagamento da quarta parcela do auxílio emergencial de R$ 600 para quem recebe o Bolsa Família começará na próxima segunda-feira (dia 20) e será integral, sem parcelamento. O Ministério da Cidadania informou que seguirá normalmente o calendário de depósito do beneficio, como foi feito para as três parcelas anteriores, isto é, sem mudanças no cronograma e na forma de pagamento.

Os beneficiários do Bolsa Família têm um calendário distinto dos demais trabalhadores inscritos pelo aplicativo Caixa / Auxílio Emergencial ou pelo site caixa.gov.br, e também daqueles inscritos no Cadastro Único, mas que estão fora do programa social.

Os 19,2 milhões de beneficiários do Bolsa Família com direito ao auxílio emergencial já receberam integralmente três parcelas. O pagamento da terceira se encerrou no dia 30 de junho.

Para as mães que são chefes de família, o benefício é maior: de R$ 1.200. O beneficiário pode fazer o saque com o próprio cartão do programa social, de acordo com o final do Número de Identificação Social (NIS).

Veja o calendário

Parcelas extras

O pagamento por mais dois meses do auxílio emergencial foi anunciado no dia 30 de junho pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. Na prática, a proposta é que sejam pagas — para os trabalhadores cadastrados pelo site e pelo aplicativo — mais duas parcelas divididas em quatro pagamentos, que somarão R$ 600 por mês ou R$ 1.200 no total. O pagamento deverá ser feito da seguinte maneira, segundo o ministro:

– R$ 500 no início do mês
– R$ 100 no fim do mês
– R$ 300 no início do mês
– R$ 300 no fim do mês

Novo calendário começa no sábado

Neste sábado (dia 18), começa o calendário de saques em dinheiro e transferências bancárias para beneficiários sem Bolsa Família do lote 1 (que aguardam a terceira parcela), lote 2 (que esperam a segunda parcela) e lote 4 (que ainda vão receber a primeira parcela). O pagamento será feito de acordo com a data de aniversário.

No total, serão contemplados 40,4 milhões de trabalhadores. Eles já receberam o benefício por meio da poupança social digital da Caixa, e podem pagar contas e compras por meio do aplicativo Caixa Tem.

Com Agências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE