Artistas e ativistas fazem lives em alusão ao Dia da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha


Cátia de França e Tássia Reis fazem show no canal da Funesc. Cátia de França faz show virtual no Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha

O Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, celebrado mundialmente neste sábado (25) e uma homenagem também à Tereza de Benguela, líder quilombola, é comemorado na Paraíba virtualmente, por conta da pandemia de Covid-19. Lives e apresentações de artistas e ativistas negras paraibanas celebram a vida de mulheres negras da Paraíba, neste fim de semana.
Cátia de França e Tássia Reis
Cátia de França e Tássia Reis, fazem um show virtual às 20h deste sábado (25), no canal da Fundação Espaço Cultural da Paraíba no YouTube.
A cantora Cátia de França, natural de João Pessoa, tem mais de 40 anos de carreira e já gravou seis discos. Seu trabalho faz referências a escritores como Manoel de Barros, Guimarães Rosa, José Lins do Rêgo. Foi parceira de palco de grandes artistas, como Jackson do Pandeiro.
Já a cantora paulista Tássia Reis é uma rapper e compositora brasileira. Reis iniciou a carreira com o EP “Tássia Reis”, em 2014. O álbum de estreia “Outra Esfera” veio em 2016, com temas sobre empoderamento, liberdade e resistência dentro de uma sociedade machista e racista.
O show faz parte da programação do Julho das Pretas, que começou com a série de lives Vozes Negras Importam, pelo Instagram da Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana. A série foi criada para homenagear as mulheres negras do Estado, desde ativistas, artistas, professoras, cientistas sociais até lideranças.
Fórum Mulheres em Luta da UFPB
O Fórum Mulheres em Luta da Universidade Federal da Paraíba também está comemorando o Julho das Pretas, desde o começo do mês. Neste final de semana, a organização traz a live ‘Buyìn Dudu: Recontando Nossas Histórias’, com participação da cantora com Nathalia Bellar, às 19h desta sexta-feira (24).
No sábado (25), tem o Sarau das Pretas com as mulheres do Clube de leitura – IFPB CACC, do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), às 16h. Já o domingo (27), será marcado pela live cultural ‘Ajayô: Arte – Espaço de Resistência’.
Toda a programação do Julho das Pretas do Fórum Mulheres em Luta da UFPB, pode ser acompanhada na página do Instagram do Fórum.

Com Agências

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line