Apple acusa Epic Games de criar ataques coordenados contra plataformas visando lucro

A briga entre Apple e Epic Games segue a todo vapor, principalmente pelo fato do processo da desenvolvedora contra a gigante de Cupertino estar chegando na segunda fase, onde a Apple está focada em realizar sua defesa e justificar algumas ações de acordo com o ponto de vista dela.

Recentemente, durante um depoimento, a empresa disse ao tribunal que a Epic realizou um ataque coordenado para coagir plataformas e realizar ações que multipliquem o próprio lucro. Esta acusação foi feita por Mike Schmid, chefe de desenvolvimento de negócios de jogos da Apple para a App Store e ratificada por Florian Mueller da Foss Patents, desenvolvedor de aplicativos e jogos.

A Apple anexou várias declarações (incluindo duas que são basicamente relatórios de especialistas econômicos) ao documento de oposição. Antes de discutir o resumo da Apple como um todo, e as outras declarações, gostaria de destacar o que não é nada menos que uma acusação bombástica de intimidação que acabei de encontrar em uma declaração juramentada de Mike Schmid, chefe de desenvolvimento de negócios de jogos da Apple para a Loja de aplicativos

Clique aqui para ler mais

Leitores On Line