lula
Lula estaria sendo coagido pelo partido

Após  polêmicas com relação a quem seria o candidato do Partido dos Trabalhadores (PT) que iria concorrer à prefeitura de São Paulo em 2020,
a sigla esclareceu que apoia o membro Jilmar Tatto, que venceu as prévias internas do partido.

Entenda a polêmica: Visando as eleições de 2020, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estaria sendo pressionado pelo PT a forçar uma candidatura de Fernando Haddad para a prefeitura de São Paulo. A informação foi dada pelo jornal Folha de S. Paulo.

O motivo seria a baixa adesão do público com Jilmar Tatto e um possível baixo desempenho nas urnas. Com isso, Haddad seria a opção.

A reportagem recebeu um comunicado do partido em que afirma o apoio ao candidato Jilmar Tatto. Veja a seguir:

Com relação aos boatos que tentam minar a tática eleitoral do PT na cidade de São Paulo, reafirmamos nosso apoio a decisão do 19º Encontro Municipal que deliberou pela pré-candidatura de Jilmar Tatto a prefeito.

São falsas as afirmações de que a Bancada de Vereadores do PT esteja fazendo pressão para retomar a candidatura de Fernando Haddad, inclusive porque o ex-prefeito tem negado, de maneira incisiva, disposição para o pleito.

Quaisquer informações contrárias são inverdades ou ilações de agentes externos tentando influenciar deliberações que são de competência da instância partidária e seus filiados.