Wednesday, 12 August, 2020

JORNAL TIJUCAS

Após quatro meses suspenso, estacionamento rotativo retorna em 30% dos locais de Rio Branco



Empresa vai começar com campanha de conscientização e, a partir do dia 10 de agosto, começam as cobranças no Centro de Rio Branco. Serviço da Zona Azul vai retorna com as cobranças no Centro de Rio Branco

Após mais de quatro meses suspenso, o estacionamento rotativo de Rio Branco (Zona Azul) vai retornar com as atividades em apenas 30% dos locais onde opera. A previsão é de que o serviço volte gradualmente partir do dia 10 de agosto.
A cobrança no serviço está suspensa desde março como prevenção ao novo coronavírus. O decreto de suspensão foi publicado no Diário Oficial do Acre (DOE).
Você conseguiu fazer exame para Covid-19 na rede pública de Saúde do Acre?

No último dia 20, o Pacto Acre Sem Covid, responsável por estipular os critérios para os setores voltarem a funcionar no estado durante a pandemia, reclassificou a capital acreana para fase laranja, que é de alerta. Com isso, foi autorizada a reabertura com restrições de salões de beleza, lojas de roupas, móveis, construção e outras; shopping; escritórios, serrarias marmorarias, cerâmicas, entre outros.
Rio Branco já contabiliza mais de 8,8 mil infectados pelo novo coronavírus. Mais de 300 pessoas morreram vítimas da Covid-19 na capital acreana, e 6.559 mil se recuperaram da doença e são consideradas curadas.
Campanha quer incentivar motoristas a usarem aplicativo da Zona Azul de Rio Branco

Retorno gradual
Ao G1, o gerente de projetos da empresa Serttel Soluções e Mobilidade e Segurança Urbana, Ângelo Máximo, explicou que, inicialmente, as atividades vão retornar apenas em algumas ruas de maior movimentação do Centro de Rio Branco: Epaminondas Jácome, Arlindo Porto Leal, Rui Barbosa, Franco Ribeiro e outras.
“Com ainda estamos na fase laranja, vamos fazer, partir de segunda [3], um serviço de conscientização para avisar que a Zona Azul está voltando e vamos fiscalizar apenas as ruas de maior movimentação”, acrescentou.
Ainda segundo Máximo, a campanha quer incentivas os motoristas a utilizarem o aplicativo da Zona Azul Rio Branco para não ter contato com os parquímetros.
“Vamos ter um trabalho de higienização dos parquímetros diariamente, só que ficam na rua e ninguém pode garantir que quem for lá utilizar não vai estar contaminado. A ideia é fazer a campanha de promoção do aplicativo”, concluiu.

Obter novas postagens por e-mail:

Cadernos

Confira…



Fale conosco
redacao@jornaltijucas.com.br 
+554833330097

 

Leitores On Line

 

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE