Após análise de câmeras, TV francesa diz não ter encontrado insultos racistas contra Neymar

O canal de TV francês “Téléfoot” afirmou na última segunda-feira que não foi capaz de identificar o insulto racista denunciado por Neymar no jogo entre PSG e Olympique de Marselha, no domingo. O atacante do time de Paris acusou o zagueiro da equipe adversária, Álvaro Gonzalez, de lhe chamar de macaco.

Defesa: Olympique de Marselha diz que zagueiro acusado por Neymar ‘não é racista’

A emissora afirma que analisou os xingamentos de diferentes ângulos e não encontrou comentários racistas.

— Há um insulto, com certeza há insultos, bem conhecidos no mundo do futebol, principalmente em relação à mãe de Neymar. No entanto, a afirmação de Neymar é de linguagem racista. Não cabe a nós julgar essas imagens. Não podemos confirmar o que Neymar disse com as imagens que temos. Vimos as câmeras mais próximas das supostas ações. Dissecamos tudo, agora está nas mãos da liga — disse o jornalista Thibault Le Rol, do “Téléfoot”.

O brasileiro levou cartãoo vermelho depois de dar um tapinha na cabeça de González, a quem acusou de racismo durante a partida.

Neymar: ‘Arrependimento é por não ter dado na cara desse babaca’

Após o clássico que terminou 1 a 0 para a equipe de Marselha, Neymar desabafou nas redes sociais.

“VAR pegar a minha “agressão” é mole. Agora eu quero ver pegar a imagem do racista me chamando de “MONO HIJO DE PUTA” (macaco filha da puta)… isso eu quero ver! E aí? CARRETILHA vc me pune. CASCUDO sou expulso… e eles? E aí ?”, escreveu o jogador.

Leitores On Line