Ampliação de aeroporto de Joaçaba é liberada

Licença do Instituto do Meio Ambiente permite operação de aeronaves de médio porte com maior capacidade de passageiros

A pista de pouso e decolagem do Aeroporto Santa Terezinha de Joaçaba, no Meio-Oeste de Santa Catarina, é uma das melhorias autorizadas pela Licença de Ampliação de LAI (licença de instalação), aprovada pelo IMA (Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina), por meio da Coordenadoria Regional de Joaçaba.

Aeroporto poderá ampliar capacidade de voos. – Foto: Reprodução da Internet/ND

A licença, segundo o secretário de desenvolvimento econômico e inovação de Joaçaba, Michel Carlesso Ávila, é um passo importante para a consolidação da obra que precisa passar, agora, pela aprovação da SIE (Secretaria de Infraestrutura do Estado) e da SAC (Secretaria de Aviação Civil) da União.

Com essa liberação, a empresa que foi aprovada em licitação está desenvolvendo o projeto que será apresentado à estes órgãos até o fim de setembro. Após a liberação dos mesmos, a obra poderá iniciar em outubro e tem o prazo de 12 meses para conclusão. O investimento da Secretaria de Aviação Civil será de R$ 16 milhões.

A partir de todas as liberações, a pista do aeroporto será ampliada de 18 para 30 metros e poderá operar com aeronaves ATR 42, consideradas de porte médio e que possuem capacidade maior de transporte de passageiros, além de melhorias no pátio e no estacionamento.

A perspectiva da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação do município é de que o aeroporto passe a ter voos comerciais. O último foi em 2012. “Atualmente temos apenas voos particulares e para transporte de malotes. Mas, em breve, esperamos ofertas à população outras opções de voos”, destaca Ávila.

Os aeroportos de Lages e Chapecó são, atualmente, os únicos da região próxima a Joaçaba que atuam com voos comerciais. Segundo a coordenadora regional do IMA em Joaçaba, Elenir Ribeiro de Arruda, pela relevância econômica e social deste projeto, que pode contribuir ainda mais para o crescimento de toda a região, o IMA atuou de forma incansável para a concessão da licença, levando em consideração todos os parâmetros legais e promovendo o desenvolvimento de forma sustentável.

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line