Amigas caíram em cachoeira de SC enquanto tentavam tirar fotos


Uma das jovens escorregou, e a outra também caiu ao tentar segurá-la. ‘Infelizmente, foi por causa de uma maldita foto’, conta irmão de delas. As amigas Bruna e Monique morreram após caírem de cachoeiras de 30 metros em SC
Redes sociais/Reprodução
As duas jovens de 18 19 anos de Lages, na Serra catarinense, que morreram após caírem em uma cachoeira com cerca de 30 metros no fim de semana estavam tirando fotos quando se desequilibraram, caindo de cerca de 30 metros, segundo o irmão de Bruna Vellasquez, a maio jovem das vítimas.
“Foi isso, infelizmente, foi por causa de uma maldita foto. Ela e a amiga fora para a beirada [do alto da cachoeira] tirar fotos, daí caíram”, conta Eduardo Vellasquez.
Segundo ele, Bruna e a amiga Monique Medeiros Almeira estavam com mais dois amigos quando ocorreu o incidente. “Arrasados, não tem como mensurar, mesmo depois de ter acontecido, ainda não conseguimos acreditar. […] Muito triste ter partido tão cedo”, diz o irmão.
O corpo de Bruna Vellasquez foi sepultado na tarde de segunda-feira (14) e o de Monique Medeiros, na terça-feira (15) também em Lages, na Serra catarinense, onde elas moravam.
Monique estava na segunda fase da graduação em enfermagem e trabalhava na área administrativa de uma hamburgueria. Bruna era maquiadora. “Sempre envolvida nesse mundo da moda e maquiagem, fez vários cursos, sempre muito focada em seus objetivos”, lembra o irmão.
Duas amigas morrem ao cair em cachoeira de 30 metros na Serra de SC
As duas caíram da cachoeira de Salto Rio Caveiras no fim da tarde de domingo (13). Uma delas teria escorregado e a outra, ao tentar ajudar, acabou caindo também, conforme informou o Batalhão de Aviação da Polícia Militar, que atendeu a ocorrência. Não foi detalhado qual delas teria caído primeiro.
O local é procurado por visitantes e acessado por trilha em uma área particular. Havia mais pessoas no local quando elas caíram. A 3ª Delegacia de Polícia Civil em Lages instaurou inquérito para investigar as circunstâncias das mortes, mesmo com os indícios de acidente.
Segundo o delegado regional de Lages, Fabiano Schmitt, esta é a primeira vez que é instaurado inquérito na região para apurar “esse tipo de incidente”.
“Não obstante os elementos indique para uma fatalidade, por outro lado, quando ocorre a morte violenta, que é a morte que não decorre de morte natural, a Polícia Civil tem por praxe formalização da investigação e averiguar se de fato houve alguma ilicitude ali”, explicou o delegado regional de Lages.
Queda e resgate difícil
Duas jovens de 19 anos morreram ao caírem de cachoeira em Lages, SC
Águia PM/Reprodução
De acordo com a prefeitura de Lages, o Salto Rio Caveiras é procurado na cidade pela bela paisagem, mas possui áreas de visitação proibida. Segundo os socorristas informaram domingo (13), o local onde ocorreu a queda é de acesso proibido, mas recebe visitantes, especialmente quando está calor.
Salto Rio Caveiras, em Lages, em período de chuvas
Prefeitura de Lages/Divulgação
A cachoeira estava com pouco volume por causa da estiagem em Santa Catarina, mas chega a ficar com todas as pedras cobertas de água em período de chuva.
As jovens despencaram de cerca de 30 metros de altura e caíram sobre as pedras em um local de difícil acesso. Por isso, o helicóptero da Polícia Militar foi utilizado para auxiliar a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) no resgate.
Duas jovens morrem ao cair em cachoeira na Serra de SC
Quando os socorristas chegaram, Bruna já estava sem vida. Monique sofreu ferimentos graves, foi colocada em uma maca e içada até um campo, onde foi levada de ambulância até o hospital Tereza Ramos, em Lages – veja vídeo do resgate acima. No entanto, ela não resistiu aos ferimentos e morreu ao dar entrada na unidade de saúde.
Após o resgate de Monique, os socorristas do Samu voltaram na cachoeira com auxílio do helicóptero da PM para resgatar o corpo de Bruna.
Bruna (E) e Monique (D) morreram ao caírem cerca de 30 metros em cachoeira na Serra catarinense
Redes sociais/Reprodução
Veja outras notícias do estado no G1 SC
Leitores On Line