5G no Brasil: Claro pede regras para leilão sem “aventureiros” e apoia uso de filtros para TV

Após inúmeros adiamentos, parece que enfim o leilão para as frequências mais altas do 5G no Brasil tem um prazo definido para acontecer: entre os meses de abril e maio de 2021. A informação partiu do ministro das comunicações, Fábio Faria, que afirmou ainda estar em um trabalho com a equipe do ministério para definir “quem pode trazer mais benefícios ao Brasil na tecnologia 5G”.

O evento é muito aguardado, por ser o ponto inicial para que a verdadeira tecnologia 5G no Brasil seja implantada. O país já conta com solução mais modesta em funcionamento, o 5G DSS, que se estabelece na infraestrutura do 4G para fornecer as velocidades da nova geração, mas que na prática deixa bastante a desejar, conforme mostraram os testes realizados pelo TudoCelular.

Com o novo prazo do leilão definido, fabricantes e operadoras já começaram a expressar suas opiniões e preocupações a respeito dos procedimentos da implementação da nova rede. A Claro é a mais recente delas, tendo declarado durante o Painel Telebrasil, do site Tele.Síntese, a importância do estabelecimento de regras para o leilão que obriguem o uso do espectro 5G por seus compradores.

Clique aqui para ler mais

Leitores On Line