40 anos da Mocidade Independente

Amanhã, 18, completando os seus 40 anos, o Grêmio Recreativo e Cultural Escola de Samba Mocidade Independente do Bairro Progresso.
Ela surgiu em 1980, formada por um grupo de carnavalescos da Brinca Quem Pode, outra querida escola do bairro, justo na residência de dona Tereza (do Hélio Pacheco).
Entre os principais fundadores, João de Sousa Junior, o Dão, Ademir e Ataíde Roque, Ivo Coelho, Flávio Rogério de Oliveira, Moacir Luiz, Demerval Batista, Aldo Campos, Roberval Pacheco, Emília Bernardo Vieira, Helio Pacheco e José Manoel Vieira, este último o primeiro presidente.
O primeiro carnaval da querida Verde e Branco foi em 1981, com o tema enredo “No mundo do faz de conta”, de autoria do saudoso Ivaldo Roque.
Mas a principal conquista da escola, foi o título de campeã do carnaval de 2000, com o tema “Do fogo nasceu a vida”, de Jairo Barcelos, tendo como puxadores o Sidney, Glorinha Barreto Pegorara e Bizorro. Então presidida por Fátima Regina Marçal, naquele carnaval em que foi campeã, a Mocidade fez uma alusão ao fogo como elemento, como fenômeno, como alegria, paixão, luz, calor e porque não dizer, a própria vida, ao vivo, mostrada e cantada.

Com Agências

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.