3,5 mil empresas de Rondônia encerraram atividades em seis meses de 2020

Dados são da Junta Comercial. Porto Velho registrou 1.000 encerramentos de empresas. Mais de três mil empresas encerraram as atividades de janeiro a junho de 2020
Dados da Junta Comercial (Jucer) apontam que 3,5 mil empresas de Rondônia encerraram suas atividades entre janeiro e junho de 2020. Mesmo com a pandemia de Covid-19, o número de estabelecimentos fechados está menor do que o registrado no mesmo período de 2019, quando 3.887 empresas encerraram as atividades.
O presidente da Jucer, José Alberto Anísio, justificou essa redução a possíveis números maquiados. Isso porque tem empresário que não fechou de vez durante a crise econômica provocada pelo coronavírus, ou seja, deve voltar talvez com outro seguimento ou reabrir com o mesmo ramo após a pandemia.
“Hoje também a gente tem empresas que baixou ou está inativa há muito tempo, mas ainda não deu entrada no documento que dá baixa de vez e encerra as atividades. Muitos nem sabem que não se paga taxa para encerrar e outros não fizeram por falta de tempo”, afirma o presidente da Junta Comercial.
Porto Velho
O número de empresas fechadas em Porto Velho também caiu. Segundo a Jucer, 1.115 empresas encerraram as atividades nos seis primeiros meses de 2019 na capital. Já no primeiro semestre deste ano foram 1.000 empreendimentos encerrados.
À Rede Amazônica, o economista Otacílio Moreira afirma que Porto Velho, em relação a outras cidades do país, ainda está numa situação ‘privilegiada’.
“Se comparado a outras pesquisas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), como por exemplo no mercado informal, então você vai perceber que o mercado formal tem mantido os mesmos índices a 2019. Enquanto isso o mercado formal vem sofrendo por causa da pandemia”, diz.

Com Agências

Gostou deste blog? Por favor, compartilhe :)

https://jornaltijucas.com.br/feed/
Seguir por E-mail
YOUTUBE
Leitores On Line