16 prefeitos vão tentar reeleição no Norte de SC

As convenções municipais estão a todo vapor nas regiões Norte e Nordeste do Estado e, entre os candidatos ao Executivo, alguns rostos já são conhecidos pela população. Estamos falando dos prefeitos que vão tentar a reeleição neste ano.

Dos gestores que comandam os 26 municípios das regiões Norte e Nordeste de Santa Catarina, 16 devem tentar se reeleger nas eleições de 2020. Confira quem são eles o que apontam como pendências do atual mandato:

Araquari

São 22.620 eleitores aptos a votar e o atual prefeito, Clenilton Carlos Pereira (PSDB), é um dos candidatos. Para ele, duas áreas são consideradas pendências: segurança pública e habitação. 

Clenilton Pereira é o atual prefeito de Araquari – Foto: Divulgação/ND

Bela Vista do Toldo

Na cidade com 5.079 habitantes aptos a votar, o prefeito Adelmo Alberti (PSL) enumera três projetos que são considerados pendências pela administração. São eles: pavimentação das ruas centrais e do acesso ao município; cascalhamento das principais estradas rurais e concluir o saneamento básico. 

Adelmo Alberti é candidato à reeleição em Bela Vista do Toldo – Foto: Divulgação/ND

Canoinhas

Para o prefeito Beto Passos (PSD), a principal pendência do governo nesses quatro anos são as obras de pavimentação. Canoinhas, no Planalto Norte, conta com 41.885 eleitores. 

Beto Passos vai tentar a reeleição em Canoinhas – Foto: Divulgação/ND

Garuva

10.792 pessoas devem ir às urnas para escolher o líder do Executivo municipal. O atual prefeito, Rodrigo Adriany David (MDB), vai tentar a reeleição e apontou projetos da habitação e da infraestrutura como pendências do seu primeiro mandato.

Rodrigo Adriany David deve concorrer em Garuva – Foto: Divulgação/ND

Guaramirim

O prefeito Luis Antonio Chiodini (PP) elegeu como pendências de seu atual mandato o aumento da captação de água e de novos reservatórios, além da educação (suprir déficit das creches e escolas).

Luis Antonio Chiodini é candidato à reeleição em Guaramirim – Foto: Divulgação/ND

Jaraguá do Sul

Em Jaraguá do Sul, cidade de 114.223 eleitores, o prefeito Antídio Lunelli (MDB) também vai buscar a  reeleição. Como pendências, aponta aumento de vagas na educação infantil e modernização na área da saúde. 

Antídio Lunelli é prefeito em Jaraguá do Sul – Foto: Divulgação/ND

Massaranduba

12.806 pessoas estão aptas a votar em Massaranduba, onde o prefeito Armindo Sesar Tassi (MDB) estará, novamente, na corrida eleitoral. Pavimentação asfáltica que dá acesso ao Rio Molha é a principal pendência. Projetos na área da educação também precisam de atenção, admite, pois a pandemia freou iniciativas.

Armindo Sesar Tassi concorre à reeleição em Massaranduba – Foto: Divulgação/ND

Monte Castelo

O atual prefeito Jean Carlo Medeiros de Souza (PSDB) elegeu a reestruturação do setor hospitalar municipal e a ligação rodoviária das áreas do interior dos municípios de Papanduva e de Major Vieira ao Centro de Monte Castelo como pendências. O município tem 7.211 pessoas aptas a votar.

Em Monte Castelo, Jean Carlo Medeiros de Souza concorre novamente – Foto: Divulgação/ND

Rio Negrinho

O prefeito Julio Ronconi (PSDB) destacou a pavimentação de ruas e construção de condomínios industriais como pendências. Rio Negrinho tem 31.476 eleitores.

Julio Ronconi é prefeito de Rio Negrinho – Foto: Divulgação/ND

São Bento do Sul

O município do Planalto Norte conta com 61.672 pessoas aptas a votar. O  prefeito Magno Bollmann (PP) também deve tentar a reeleição. Como pendências, cita a viabilização da construção de um novo hospital e a implantação do programa lixo zero na cidade.

Magno Bollmann concorre à reeleição em São Bento do Sul – Foto: Divulgação/ND

São João do Itaperiú

O prefeito Clézio José Fortunato (MDB) elegeu duas prioridades para o próximo mandato: pavimentação asfáltica e incentivo à agricultura.  São João do Itaperiú tem 3.657 pessoas aptas a votar em 2020.

Clézio José Fortunato é candidato à reeleição em São João do Itaperiú – Foto: Divulgação/ND

Dez prefeitos da região não estarão na disputa 

Nas cidades de Balneário Barra do Sul, Campo Alegre, Irineópolis, Joinville, Mafra, Major Vieira e Schroeder, os atuais prefeitos estão no segundo mandato e, por isso, não podem concorrer à reeleição.

Nas cidades de Corupá, Itaiópolis e São Francisco do Sul, os atuais prefeitos poderiam tentar a reeleição, mas decidiram não se candidatar. 

Já em Barra Velha, o atual prefeito Valter Marino Zimmermann (DEM) deve tentar se eleger novamente, mas preferiu não se posicionar.

Os prefeitos de Itapoá (Marlon Roberto Neuber); Porto União (Eliseu Mibach); Papanduva (Luiz Henrique Saliba) e Três Barras (Luiz Divonsir Shimoguiri) vão concorrer à reeleição, mas não responderam até o fechamento da reportagem.

Leitores On Line