Xavi critica Lopetegui e apoia sua demissão

INFOCHPDPICT000041947837O anúncio da demissão do técnico espanhol Julen Lopetegui, a um dia do início da Copa do Mundo, pegou o planeta da bola de surpresa e causou alvoroço, principalmente na Espanha. Diante dos acontecimentos, o ex-jogador e ídolo Xavi criticou o treinador e apoiou a decisão da Federação Espanhola de Futebol. Já os líderes do vestiário da seleção tentaram demover o presidente da Federação, Luis Rubiales, da ideia de trocar o comando. O capitão Sergio Ramos, o primeiro da seleção a se manifestar publicamente após as reviravoltas, publicou uma mensagem de motivação e união, sem entrar em detalhes sobre os últimos acontecimentos.

O ex-jogador e campeão do mundo em 2010, Xavi Hernandez, afirmou, nessa quarta (13), num evento que participou em Moscou, que o acerto de Lopetegui com o Real Madrid foi uma “decisão inoportuna e inesperada”.

— Portanto, (a demissão) foi decidida pelo bem da Federação — afirmou o ex-meia do Barcelona, que elogiou Fernando Hierro, substituto de Lopetegui. — O importante agora é que esses problemas não afetem a seleção. Todos queremos que a Espanha ganhe a Copa, e que a polêmica fique para trás.

ANÁLISE: Conduçao do caso Lopetegui faz da Espanha uma incógnita

LEIA MAIS: Estados Unidos, México e Canadá sediarão a Copa do Mundo de 2026

Os atuais jogadores da Espanha, porém, não estão tão alinhados com o pensamento de Xavi. De acordo com informações do jornal Marca, os líderes do elenco, Sergio Ramos, Iniesta, David Silva, Pique, Busquets e Reina, tentaram demover Rubialies da ideia da demissão, na noite de terça. Eles argumentaram que não era o momento de suscitar polêmicas por causa de orgulho ferido, que a cadeia de comando da seleção é diferente da de um clube, que muitos foram a Russia para suas últimas participações em uma Copa, e estão motivados em busca do título, e que a própria equipe deve ser a responsável por contornar problemas internos.

Sergio Ramos, o capitão da equipe, publicou uma mensagem motivacional em sua conta no twitter. Mesmo sem entrar em detalhes sobre o ocorrido com Lopetegui, o zagueiro, que foi apontado como o maior defensor do técnico, inclusive ajudando na ponte com o Real Madrid, escreveu que os jogadores representam um país e que todos estão comprometidos com a Espanha:

“Nós somos a seleção, nós representamos um escudo, as cores, e um país. A responsabilidade e compromisso são com vocês e por vocês. Ontem, hoje e amanhã, juntos” , escreveu o zagueiro.

ACOMPANHE: O guia do GLOBO da Copa do Mundo 2018

Em uma enquete realizada pelo jornal catalão Mundo Deportivo, 85% dos internautas responderam que a decisão da Federação em demitir Lopetegui foi acertada. Com a demissão, o Real Madrid não terá mais que pagar a multa rescisória de 2 milhões de euros. Rubiales admitiu que o valor da multa seria bom para os cofres da Federação, mas afirmou que o mais importante era pensar na seleção.

Source: http://oglobo.globo.com/rss.xml?completo=true

Loading...