Um negro na Casa Branca: 10 fatos sobre os 10 anos da posse de Obama

Há exatos dez anos, no dia 20 de janeiro de 2009, não se
falava em outra coisa: pela primeira vez na história, um negro chegava à
presidência dos Estados Unidos. Barack Obama tomou posse como o 44º presidente do país e permaneceu
no cargo por dois mandatos seguidos, até 2016

Obama assumiu a presidência dos Estados Unidos com a
aprovação de 69% dos americanos — o nível mais alto ao longo de seus dois
mandatos. O mais baixo (42%) foi registrado no início de 2015, quando os
oposicionistas do Partido Republicano haviam tido vitórias significativas nas
eleições estaduais

Veja também: De Papai Noel, Obama distribui presentes em hospital infantil

Logo em seu primeiro ano como presidente, Barack Obama
recebeu o prêmio Nobel da Paz. A honraria foi encarada como um “presente de
boas-vindas” pela chegada à Casa Branca

Leia mais: Nobel da Paz é o ‘combustível’ de Trump para cúpula com Kim

Em abril de 2011, pouco mais de dois anos depois de Obama
tomar posse, a Casa Branca se viu obrigada a divulgar a certidão de nascimento
do presidente. O objetivo era colocar um fim aos rumores de que ele não havia
nascido nos Estados Unidos 

Também em 2011, Obama anunciou que o líder da organização
terrorista Al Qaeda, Osama Bin Laden, foi morto por soldados americanos em
Abbottabad, no Paquistão. Desde os atentados contra o complexo do World Trade
Center, em Nova York, em 11 de setembro de 2001, Bin Laden era considerado o
terrorista mais procurado do mundo

Barack Obama foi reeleito presidente dos Estados Unidos em 6
de novembro de 2012. Ele derrotou o candidato republicano Mitt Romney

Em março de 2016, pela primeira vez em 88 anos, um
presidente dos Estados Unidos pisou em Cuba. Barack Obama se reuniu com o então
presidente de Cuba, Raúl Castro, e disse que pretendia “enterrar o último
vestígio da Guerra Fria na América”

Obama também se tornou o primeiro presidente americano em
exercício a visitar Hiroshima, no Japão — onde os Estados Unidos lançaram a
primeira bomba nuclear do mundo — em 27 de março de 2016

Ao fim de seu segundo mandato, em dezembro de 2016, Obama
contava com a aprovação de aproximadamente 61% dos americanos. Seus
antecessores, George W. Bush e Bill Clinton, deixaram o governo com 40% e 57%
de aprovação, respectivamente

Obama concluiu seu segundo mandato em 20 de janeiro de 2017
e fez sua primeira aparição pública após deixar o cargo em abril do mesmo ano.
Ele falou a alunos da Universidade de Chicago sobre organização comunitária e
engajamento cívico. Desde então, o ex-presidente e sua esposa, Michelle Obama,
se dedicam ao trabalho social na Fundação Obama — cuja missão é “incentivar
e apoiar a próxima geração de líderes”

Source: http://noticias.r7.com/feed.xml

Loading...