Suspeito de assaltar loja dentro de shopping em Manaus é preso

Quatro assaltantes armados e com fardas escolares levaram dinheiro e celulares do estabelecimento, na noite de quarta-feira (8). Um homem de 24 anos foi preso suspeito de assaltar uma loja de um shopping na Avenida Noel Nutels, bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus, na madrugada de sexta-feira (10). Quatro assaltantes armados e com fardas escolares levaram dinheiro e celulares do estabelecimento, na noite de quarta-feira (8).
De acordo com o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), a polícia recebeu uma denúncia anônima sobre um homem que teria cometido um assalto a uma loja do shopping. A informação era que ele estaria em um lanche, no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus.
Policiais militares da 6a e 30a Companhia Interativa Comunitária (Cicom), e da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam), foram até o local informado e encontraram o suspeito, na rua 03. O dinheiro e os celulares roubados da loja não foram encontrados com ele.
De acordo com a tenente Kely Viana, da 6a Cicom, os policiais chegaram ao local, fizeram um cerco e abordaram o homem, no lanche. Ele não reagiu a abordagem e confessou ter participado do assalto.
O suspeito foi encaminhado para o 6° Distrito Integrado de Polícia (DIP), para os procedimentos cabíveis.
“Na delegacia, ele deu os nomes dos comparsas dele, que devem ser procurados. Ainda foi constatado que ele tinha passagem pela polícia por outro roubo e deveria estar usando uma tornozeleira eletrônica. Quando o prendemos, ele não usava”, disse a tenente.
O caso
De acordo com o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), as quatro pessoas entraram na loja armadas com um revólver, por volta de 19h. Os assaltantes vestiam fardas escolares.
Os assaltantes levaram R$ 800, além de 20 aparelhos celulares da loja. Eles então fugiram do shopping em um carro vermelho, de placa não identificada.
Policiais militares da 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), estiveram no local após o crime. Eles orientaram as vítimas a registrarem o ocorrido na delegacia da área.
Source: http://g1.globo.com/dynamo/rss2.xml

Loading...