Senador australiano culpa muçulmanos por ataques a mesquitas

Um senador australiano da direita radical pode perder o cargo por ter culpado muçulmanos pelos ataques na Nova Zelândia. Na sexta-feira (15), um supremacista branco nascido na Austrália atirou contra fiéis em duas mesquitas na cidade neozelandesa de Christchurch. O saldo até agora foi de 50 mortos e 34 feridos.
Leia mais (03/17/2019 – 11h03)
Source: http://feeds.folha.uol.com.br/emcimadahora/rss091.xml

Loading...