Segundo pesquisa, 36,6% das famílias paraenses estão intencionadas a consumir itens relacionados à Copa

Índice do estado é maior que o Nacional, que é de 24%, revela a Confederação Nacional do Comércio. Abertura da Copa do Mundo atrai atenção dos paraenses
Mais de 36% das famílias de Belém pretendem comprar artigos da Copa do Mundo, é o que revela a pesquisa da Confederação Nacional do Comércio. As vendas já estão aquecidas.
Logo após a abertura do mundial nesta quinta-feira (14) teve gente que correu para o comércio de Belém para garantir tudo que precisa para torcer bonito na estreia da seleção brasileira contra a Suíça no domingo (17).
Duzentos a trezentos reais é a média do valor que o paraense deve gastar com itens para a Copa, informa a Confederação Nacional do Comércio. O levantamento diz ainda que o índice de 36,6% das famílias intencionadas a consumir itens relacionados ao mundial é maior que o índice nacional, que é de 24%.
“Eu vou comprar chapéu, apito, pra na hora ter mais emoção ainda pro nosso Brasil ganhar”, diz o vendedor Dinaldo Lima. Otimismo ele tem de sobra. E também tem variedade na loja onde ele foi. Dá para montar um look para cada jogo.
“Acaba um item, ai a gente coloca outro. Tudo que a gente coloca vende”, diz a vendedora Leide Cristiele.
Além de torcer para o Brasil a auxiliar de limpeza Otília Bras quer causar. “Vou fazer barulho de mais!”, alerta.
Para chamar a atenção dos consumidores, uma loja investiu nas promoções. “Tá tudo acabando. Já pedimos mais”, diz o vendedor Laonardo Valentim.
Um loja que é uma das maiores de Belém em variedade já vendeu quase tudo que tinha. Se depender dos moradores da Diogo Moia no bairro de Fátima em Belém, não vai faltar verde e amarelo. Eles se reuniram para deixar a rua toda enfeitada e torcer para o Brasil.
A seleção brasileira estreia neste domingo (17), às 15h, contra a Suíça.
Envie vídeos, fotos e sugestões de pauta para a redação do G1 Pará no (91) 98814-3326
Source: http://g1.globo.com/dynamo/rss2.xml

Loading...