Redobre os cuidados com os pets em época de chuva

Cão com medo de chuva

Cão com medo de chuva
Gazeta Digital

A temporada de chuva caindo sem parar, não prejudica apenas as cidades e a população. Cachorros costumam ficar desanimados e sem apetite. Algumas raças apresentam problemas respiratórios e doenças, como pneumonia e resfriado.

 

Mesmo sabendo que existem vários remédios para animais afetados pela bronquite e por doenças respiratórias, o melhor é preparar o seu pet para os dias de chuva e de frio.

 

Os cães contam com uma proteção natural que é o pelo, que lhes proporciona calor e protege da chuva. Mas para que atue com um ótimo efeito contra a chuva, o pelo precisa estar limpo e bem escovado.

 

Sobre banhos

Durante os dias úmidos de chuva, não é conveniente dar banho nos cães com tanta frequência. Há cachorros com uma pelagem muito grossa e que demora muito tempo para se secar. Usar secador é uma boa opção.

 

Caminhadas

Sim, existe guarda-chuva para cachorros, caso queira sair com o pet em dias de chuva. Entre os muitos produtos destinados aos cães, tem uma coleira que traz acoplado um pequeno guarda-chuva. 

 

Outra opção é colocar uma capa impermeável com capuz, que cubra todo o corpo, evitando que o animal se molhe nos dias de chuva, deste modo vai ficar seco e não terá a sensação de umidade.

 

 

 

 

Alimentação

Cuidar da alimentação não significa que os pets devem comer mais, mas sim que em sua dieta seja incluídas proteínas necessárias para enfrentar o período da melhor forma possível.

 

Abrigo

Se o animal não pode ser mantido dentro de casa, é necessário escolher um lugar que tenha materiais isolantes para que ele fique quentinho. As casinhas para cães mais sofisticadas contam até com sistema de calefação.

 

Principais doenças
Leptospirose – Esta doença transmitida pelo contato do animal com a urina contaminada do rato, pode deixar a saúde do pet debilitada, tendo em vista que entre os sintomas estão: falta de apetite, vômito, febre, alterações renais, desidratação, apatia, pele amarelada, fezes com sangue e urina escura. Em casos mais graves ou quando o peludo não recebe os devidos cuidados médicos, a doença pode ser fatal.

 

Fungos – Um animal que tem contato com chuva pode apresentar outras doenças, que mesmo possuindo um grau de gravidade menor, merecem atenção. Este é o caso de problemas de pele, tendo em vista que um pet molhado está propenso a desenvolver bactérias e fungos que danificam o pelo e a epiderme.

 

Articulações – Outro exemplo de distúrbio é com relação as articulações, principalmente, em cães idosos. Pois o corpo molhado, junto às temperaturas baixas, acabam potencializando dores na junção entre os ossos.

Pneumonia – Cachorro também pode apresentar hipotermia, estado de saúde que tem como consequência quadros de gripes e pneumonias.

 

Informações e imagens – Sites: www.meusanimais.com.br e www.clubedosanimais.com.br

Página semanal com atualização aos sábados   

 

 

Source: http://noticias.r7.com/feed.xml

Loading...