Projeto de ciclistas catarinenses promove doação de sangue em Porto Velho


Essa é a primeira vez que a campanha chega à capital de Rondônia. Encerramento do “Pedalando Pela Vida” será em formato de passei ciclístico em 23 de junho Iniciativa começou por grupo de cilistas em município de Santa Catarina.
Reprodução/Fhemeron
Com objetivo de doar e alimentar o banco de sangue da Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado de Rondônia (Fhemeron), um grupo de ciclistas vai realizar, pela primeira vez, uma campanha de doação de sangue em Porto Velho.
A ação começa no próximo sábado (16) e se estende até o dia 23 de junho. A iniciativa faz parte do projeto “Pedalando Pela Vida”, criado por um grupo de cilistas de Gravatal, município de Santa Catarina. Como encerramento, será feito um passeio ciclístico pela cidade.
Segundo a organização, essa é a primeira vez que o projeto é realizado na capital rondoniense. Até o momento, cerca de 140 pessoas já confirmaram adesão à campanha. Os responsáveis confirmaram, ainda, que estudam expandir o projeto para outros municípios.
Everton dos Reis, um dos organizadores, contou ao G1 que as primeiras 100 pessoas que doarem sangue, vão ganhar uma camiseta da campanha de brinde.
“É só o doador ir no Fhemeron e direcionar a doação para a campanha. Com isso, conseguimos contabilizar o ato”, ressaltou Reis.
A abertura do evento ocorre as 9h, no Fhemeron. As doações ocorrerão no horário de atendimento da Fundação, que segue até o encerramento da campanha.
Passeio ciclístico
A campanha de doação promovida pelo grupo Sangue Bom será finalizada com um passeio ciclístico. A ação é aberta à toda população.
O passeio, de pouco mais de cinco quilômetros, acontece dia 23 de junho, a partir das 16h. A concentração será na Praça das Três Caixas d’Água rumo ao Complexo Espaço Alternativo de Porto Velho.
Para a pedalada, a organização garantiu alugueis de bicicletas aos participantes que não têm uma em casa.
Trajeto que será feito pelos ciclistas no encerramento da campanha.
Reprodução/Google Maps
Pouco movimento no Dia do Doador
O Dia do Doador é comemorado anualmente em 14 de junho. Segundo a Fhemeron, na véspera da data há um aumento que oscila de 20% a 30% no número de doadores. Porém, em 2018, a procura tem sido menor.
“Infelizmente, hoje percebemos poucos doadores, uns 50 só. Normalmente, hoje é um dia que costuma ir mais de 100 pessoas”, confirmou a assistência social da fundação.
Todos os hospitais públicos, particulares e filantropos de Porto Velho são atendidos pelo Fhemeron. Atualmente, o banco de sangue da fundação apresenta uma baixa nos tipos de sangue, A+, O – e A-, já que só existem sete bolsas disponíveis.
A doação de sangue é 100% voluntária e não causa prejuízos ao organismo.
Serviço:
A unidade de atendimento da Fhemeron em Porto Velho está localizada na Av. Jorge Teixeira, 3766, St Industrial. O atendimento ocorre das 8h às 18h.
Source: http://g1.globo.com/dynamo/brasil/rss2.xml

Loading...