Professora da UFRGS é uma das ganhadoras do programa “Para Mulheres na Ciência”

A pesquisa sobre a evolução de galáxias da professora do Instituto de Física da UFRGS Marina Trevisan recebeu um importante reconhecimento nesta quarta-feira, dia 13 de agosto. Ela está na lista de ganhadoras do programa “Para Mulheres na Ciência”, promovido pela L’Oréal Brasil, em parceria com a UNESCO Brasil e com a Academia Brasileira de Ciências (ABC). Marina Trevisan é chefe substituta do Departamento de Astrofísica e desenvolve pesquisas em astronomia extragaláctica, populações estelares e astrofísica estelar.

O projeto premiado no programa é “A sobrevivência das galáxias ao longo da teia cósmica”. O interesse de trabalho está baseado no fato de que as galáxias se formaram e evoluíram para serem o que são hoje, mas todo esse processo ainda precisa de muito estudo, como afirma Trevisan. Ela explica: “Essa evolução não é isolada, mas uma galáxia evolui em meio a outras. Meu projeto tentar entender como o ambiente em que a galáxia está afeta a evolução dela”. Marina se diz surpresa em ter sido escolhida e, ao mesmo tempo, feliz em ter a pesquisa reconhecida.

O Programa “Para Mulheres na Ciência”, que completa 13 anos em 2019, tem como motivação a transformação do panorama da ciência no Brasil, na busca pelo equilíbrio dos gêneros no cenário nacional e pelo incentivo de entrada de jovens mulheres no universo científico. As demais premiadas são Aline Silva de Miranda (UFMG), Adriana Folador (UFPA), Jaqueline Mesquita (UnB), Josiane Budni (UNESC), Patrícia de Medeiros (UFAL) e Taicia Fill (UNICAMP). A premiação será entregue no dia 10 de outubro.

Formação

Marina Trevisan é natural do Paraná, viveu em Santa Catarina e realizou sua formação no Estado de São Paulo. Possui graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade de São Paulo (2004), mestrado em Astrofísica pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (2007) e doutorado em Astrofísica pelo Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo (2012).

Além disso, ela realizou estágios de pós-doutorado no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Brasil) e no Institut d’Astrophysique de Paris (França). Marina é professora adjunta na UFRGS desde janeiro de 2018, onde desenvolve atividades de ensino, pesquisa, extensão e gestão e também é chefe substituta do Departamento de Astronomia da UFRGS.

Source: http://www.ufrgs.br/ufrgs/noticias/noticias/RSS

Loading...